Lettering

Já ouviu falar de calçados lettering? São aqueles modelos de calçados que em alguma parte – sola, tira traseira, algum detalhe ou no próprio cabedal – aparece algo escrito, podendo ser a marca ou alguma mensagem positiva.

outfit lettering (1).jpg

Dá só uma olhada nesta seleção:

Selec lettering

  1. Scarpin nude em material sintético, de salto alto e fino, cabedal de bico fino, decote amendoado e detalhe de faixa com estampa de lettering, que envolve de uma lateral até a outra do calçado, da Bebêce na Zattini.
  2. Slingback preto em material têxtil, cabedal de bico fino, tira traseira de elástico com estampa de lettering e salto alto fino, da Bebecê na Zattini.
  3. Tênis com cabedal preto de material sintético, cadarços pretos, solado branco de borracha com estampa de lettering, da Moleca na Zattini.
  4. Slingback com cabedal de bico fino na cor creme e de material sintético, tira traseira com faixa estampada com lettering na parte externa e na interna com elástico nas laterais, solado de borracha e salto baixo com acabamento dourado, da Vizzano na Zattini.

O interessante dos calçados lettering, seja o modelo e modelagem que for, é que traz para a produção um estilo mais urbano, de uma mulher mais forte e imponente, cheia de atitude.

Na hora de coordenar os looks pense nesta proposta de calçado como uma ideia de desconstrução, já que os detalhes lettering fazem toda a diferença no resultado final. Por exemplo; aquele look glam de scarpin com vestido midi pode resultar em mais identidade e presença, saindo do óbvio.

E você? Gosta deste tipo de calçado? Usaria? Conta aqui!

Opções de look de trabalho para dias de calor

Conforme as estações mais quentes do ano vão se aproximando é fundamental pensar em looks que proporcionem bem estar, que sejam peças leves, mas que ao mesmo tempo estejam adequadas ao ambiente de trabalho.

Além disso do vestuário, é imprescindível dar atenção também para os calçados, ou seja, pensar em modelos e modelagens que tragam frescor, conforto e harmonia à produção como um todo.

lookjob2.jpg

Por isso, preparei uma curadoria especial, como alguns modelos de sapatilhas versáteis, que podem ir à ambientes de trabalho mais despojados:

Slide2

  1. Sapatilha d’orsay nude, gáspea de bico redondo em material têxtil com referências macramê, parte traseira fechada com tornozeleira em material sintético, da Shoestock na Zattini.
  2. Sapatilha estilo slingback com gáspea de bico vermelha, em material sintético e acabamento envernizado, tira traseira nude com elástico nas laterias em material sintético com acabamento acamurçado, amarração de tiras laterais pink de material sintético com acabamento acamurçado, da Amaro na Zattini.
  3. Sapatilha slingback com cabedal de bico fino em couro com acabamento estampado animal print de onça, da Luiza Barcelos na Zattini.

O grande trunfo de montar produções de trabalho com sapatilhas para os dias de calor é apostar em modelagens que sejam abertas, pode ser estilo peep toe (deixando alguns dedos à mostra), modelos com a ou as laterais abertas (d’orsay), modelos assandalhados como os slingbacks ou também chamados de chanel, modelagens tipo salomé, tipo boneca etc. Ou seja, o céu é o limite, há uma variedade super incrível e que te permite montar produções super adequadas no ambiente de trabalho.

Como montar um look primaveril para o trabalho?

Com a possibilidade da chegada de dias mais quentes, às vezes, bate uma dúvida de como montar uma produção adequada para o trabalho com as sapatilhas, né?!

Minha dica pra você seria apostar em modelagens de sapatilhas mais fresquinhas e em looks mais básicos, assim você poderá misturar peças, dando múltiplos usos para o look por inteiro.

Vale lembrar aqui que esta dica é ampla, ou seja, naturalmente há ambientes de trabalho que não permitem calçados abertos e exige produções mais sóbrias e formais. Porém, a ideia aqui é falar de outros ambientes, onde peças básicas e clássicas como calça jeans e camisas, por exemplo, estão adequadas. Esclarecido isto, vamos adiante!

lookjob (1).jpg

A sapatilha é um tipo de calçado, amado por grande parte das mulheres e que vai bem com absolutamente todas as produções, desde as mais simples até as mais elaboradas. Acredito que isto se deva muito ao fato de; ser um calçado sem salto, existir em modelagens diversas, cabedais com bicos redondos, quadrados,  fino, amendoados, abertos tipo peep toe e muito mais. E consequentemente atende ao desejo e estilo de todas.

Com base nos looks básicos mostrados acima, coordenar os looks de trabalho com opções de sapatilhas mais fresquinhas são mais que necessárias na primavera. Dá só uma olhada nesta curadoria:

Slide1 (1)

  1. Sapatilha d’orsay preta, em material sintético com acabamento nobuck, gáspea de bico fino e parte traseira fechada, da Bebecê na Zattini.
  2. Sapatilha slingback na cor bege, em couro, cabedal de bico fino com recorte assimétrico, deixando a parte interna aberta, parte traseira de aspecto torcido, da Carrano na Zattini.
  3. Sapatilha d’orsay nude, em material sintético com acabamento envernizado, gáspea de bico fino com detalhe franjando de estampa animal print, com referências dos mocassins, parte traseira fechada, da Shoestock na Zattini.

De maneira geral, o mais importante na hora de coordenar produções de trabalho primaveris é pensar em peças versáteis, que tragam mais conforto e frescor. Uma possibilidade é tirar proveito das modelagens de sapatilhas mais abertas. E acima de tudo, é dar a sua identidade e estilo ao look de trabalho.

Slingback versão sapatilha

A modelagem do tipo slingback ou também chamada de chanel tem ganhado cada vez mais olhares nas produções e, saindo do convencional, dando mais bossa e um frescor perfeito para dias de calor. Justamente por isso, vem ganhando versões diferenciadas, cabedal tanto de bico redondo quanto de bico fino e salto diferenciados. Entretanto, há opções sem salto, estilo sapatilhas.

slingback outfit (1).jpg

Dá só uma olhada nas inspirações:

selc

  1. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino, em material sintético na cor branca, parte traseira multicor com detalhe de laço lateral e regulagem de elástico, da Vizzano na Zattini.
  2. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino, em couro com acabamento acamurçado na cor vinho, regulagem de elástico e detalhe da tira traseira com aplicações de pedras, da Carrano na Zattini.
  3. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino em couro com acabamento metalizado na cor prata, detalhe da biqueira em tecido preto e tira traseira com regulagem de elástico, da Capodarte na Zattini.

Modelos de sapatilhas slingback são uma boa opção para as estações mais quentes, garantem comodidade aos pés, dão um toque clássico e cheio de personalidade aos looks, acrescentam muita informação de moda e modernidade ao mais básico dos looks. Ou seja, trata-se daquele tipo de calçado que poderá transformar a produção com muita propriedade, é super versátil e fácil de ser coordenado.

Slingback de Salto baixo

Nesta temporada primavera/verão os modelos de calçados conhecidos como slingback ou tipo Chanel permanecem em alta, seguem sendo tendência especialmente com os saltos baixos ou também chamado de kitten heels.

kitten helesslingback.jpg

Esta opção de salto mais baixo é uma boa pedida para looks mais informais, mas que se deseja um toque feminino, com informação de moda e elegante. No entanto, pode ser também uma boa opção para ambientes de trabalho, pois não deixa os pés tão em evidência e pelo fato de ter um discreto salto, não cansa tanto, se comparado a outros tipos de saltos mais altos.

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide1kittenheels.jpg

  1. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote arredondado, fechamento de fivela,  em couro com acabamento nobuck vermelho, da Capodarte na Zattini.
  2. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote arredondado, em couro na cor preta, regulagem de elástico e detalhe lateral de laço, da Dumond na Zattini.
  3. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote em “V”, em material sintético na cor branca, regulagem de elástico nas laterais, da Via Uno na Zattini.
  4. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote arredondado, detalhe da gáspea com efeito drapeado, em material sintético na cor nude, fechamento de fivela, da Shoestock na Zattini.

Os slingbacks sempre dão um ar mais primaveril às produções, destacando um estilo clássico e sofisticado. Na hora de montar os looks com esta proposta em saltos mais baixos é importante mesclar informações, para desconstruir a identidade mais “senhorinha” que muita gente acha que este tipo de salto revela, assim, coordenar peças mais modernas e fashionistas resultará em um look muito mais interessante e autêntico.

Slingback Classy

O estilo classy se caracteriza por uma produção com peças de modelagens mais tradicionais, bem femininas e de cores mais sóbrias. Mas, por que não dar uma incrementada numa proposta de look classy para este sábado?

slingbacklookcoinza

A coordenação de peças mescla referências de outros estilo, a calça cenoura deixa evidente a modelagem mais clássica, a camisa adiciona um toque meio boyish por ser de uma modelagem quase oversize e o calçado complementa toda essa ênfase da feminilidade, ou seja, o slingback também chamado de chanel traz essa informação de sofisticação e elegância nas cores doces e detalhes que se contrastam. Assim, o resultado final é algo inesperado, com unidade visual, com pitadas modernas e equilibrado.

Look classy

Um look de domingo, porém arrumadinho? Sim, isso é super possível! Domingo é um dia que você deve apostar em peças que te deixem mais confortável, mas se sua ideia é ter um look confy e classy ao mesmo tempo é só mesclar essas informações. Até porque nesta época do ano os dias são mais gelados, ainda que não estejam extremamente frios, blusas mais quentinhas são necessárias.

A sugestão para você montar sua produção é; esta saia reta de modelagem tradicional e uma blusa tipo cacharrel de gola alta “mais quentinha” e confortável.

look classy

 

Mas, nos pé em que apostar? A inspiração aqui fica por conta deste slingback de cetim nude, de cabedal de bico fino, com tira na parte traseira e detalhe de laço. Tudo isso traz uma mistura de estilos como girlie (laço do calçado), classy (modelagem da saia), confy (blusa de gola alta) e minimalista (cores mais sóbrias como o cinza), resultando em um look feminino e autoral.

Calçado de Casamento: Slingback – Curadoria Especial

Você certamente já ouviu falar do slingback, não é mesmo?! Na verdade, aqui no blog já falei desta modelagem de calçado, inclusive porque ano passado foi tendência. Mas, também fiz um outro post falando destes como uma opção para calçados de noiva. E… se você ainda está em dúvida de que tipo de sapato é, eu te digo: aquele chamado por muitos de “tipo Chanel”, já que a marca possui um modelo slingback que se tornou ícone de moda.

Porém, vamos ao que interessa, né?! Falar desta modelagem como um calçado para noivas. Este pode ser uma boa escolha para noivas que vão se casar em uma estação intermediária e querem uma calçado que atenda ]às necessidades de; nem muito frio, nem muito calor. Então, o slingback se adequa perfeitamente bem, pois é um sapato assandalhado, que possui a gáspea (parte frontal) fechada e parte traseira aberta, igualando-se a uma sandália com uma tira no calcanhar (com fivela ajustável), que sai da gáspea e com as laterais abertas.

No geral sua modelagem e design difere-se pouco apenas na parte de bico ( fino, arredondado ou redondo), por outro lado há uma imensa variedade de saltos, o que é uma vantagem para noivas, sendo assim mais fácil de encontrar um modelo perfeito para o seu estilo e que seja condizente com os seus hábitos em relação aos calçados.

BeFunkyCollage

Dá só uma olhada na curadoria especial que preparei aqui:

Slide1

  1. Modelo de slingback bege, em couro, salto fino baixo do tipo kitten heel revestido, cabedal de bico fino e tira traseira com detalhe de laço nó, da Shoestock na Zattini.
  2. Modelo slingback branco, em couro com textura tipo croco, salto médio grosso revestido e cabedal de bico fino com tira traseira, da Luiza Barcelos na Zattini.
  3. Modelo slingback off white, em material sintético, salto alto tipo cone revestido e cabedal de bico fino com tira traseira, da Vizzano na Zattini.
  4. Modelo slingback bege rosado, em material sintético com acabamento envernizado, de salto alto fino e cabedal de bico fino com tira traseira, da Drezzup na Zattini.

O slingback para noiva pode ser uma aposta interessante para mesclar estilos, ou seja tem uma identidade bem particular, com um toque belle époque e ao mesmo tempo, algo de referências mais glam e no resultado final da produção faz uma boa dobradinha pela integração de elementos de modo autêntico e harmônico.

Quer sapatilhas slingback?

Sabe o modelo slingback? Pois é, ele virou febre fashionista por ai e ganhou as mais diversas versões, tanto com saltos (em diversos tipos e alturas) como também, sem salto. No entanto, se você são sabe como é este modelo eu digo que; nada mais é que o tradicional estilo Chanel, que contei aqui neste post.

O espaço aqui é dedicado somente às sapatilhas, portanto saiba que existe a versão slingback de sapatilhas, ou seja, com cabedal fechado na parte frontal, normalmente de bico fino e parte traseira aberta, deixando o calcanhar aparente.

Slide1

Inspirado no modelo criado pela maison Dior a Dumond desenvolveu um modelo semelhante, onde o destaque é a tira traseira, com uma espécie de fita branca, evidenciando a marca escrita e algumas palavras, o que deixa a produção com informação de moda, sai do estilo convencional de sapatilhas e traz um toque mais moderno ao look.

Slide2

Esta outra proposta de sapatilha slingback, tanto da Cavage quanto da Tabita, não possui tanta diferença em termos de modelagem, em relação ao modelo mostrado anteriormente. Mas, o que a torna diferente é apenas o detalhe na parte lateral externa, com uma espécie de laço costurado, o que produz em efeito bem feminino à produção e ao mesmo tempo sai do óbvio.

Estes modelos que mostrei aqui são uma boa opção para looks de trabalho em dias mais quentes, onde haja a necessidade de manter a produção mais formal, “arrumadinha”, ao mesmo tempo confortável e moderna.

 

Modelagem V Neck

Você certamente já deve ter visto por aí esta modelagem de calçado , mas não ligou o nome ao calçado, né?! Isso porque não é exatamente uma novidade, começou a aparecer em algumas temporadas atrás, como no inverno passado, e promete ser forte tendência nesta primavera/verão.

A modelagem v neck nada mais é que uma nova roupagem para o tão tradicional cabedal, que desta vez ganhou uma reformulação no seu design clássico, com um efeito decotado mais alto, ou seja, que esconde boa parte dos dedos e se aproxima cada vez mais do peito do pé em um decote em V.

Esta proposta de cabedal é vista em scarpins, modelos slingbacks (tipo chanel), sapatilhas e até em algumas sandálias.

Slide1

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide2

1. Scarpin com cabedal liso branco, decote em V, detalhe de tornozeleira e salto tipo kitten heel, da Amaro.

2. Scarpin com cabedal de efeito craquelado prateado, decote em V e salto alto fino, da Carmen Steffens.

3. Modelo Slingback em amarelo, de material acamurçado, cabedal com decote em V, parte traseira aberta e salto médio grosso, da Capodarte.

4. Sapatilha de cabedal liso na cor preta, em couro e com decote em V, da Schutz.

Independente da modelo de calçado que escolher com a modelagem V neck tenha certeza que irá conferir à sua produção uma imagem bem moderna e cheia de personalidade. Para montar seu look saiba que ficam interessantes peças com um corte mais tradicional, calças jeans de cortes retos, peças de alfaiataria coordenadas com outras peças básicas conferindo assim, como resultado final um look clean e cheio de informação de moda.