Design, Emoção e o Calçado Feminino: Mulheres que Amam Calçados

Que sapato é um assunto super comentado entre as mulheres não há dúvidas, mulheres tem verdadeira paixão por calçados, sempre querem aquele modelo de lançamento, sempre acham que precisam de mais um.
Indo por este caminho há um trabalho de dissertação de mestrado,chamado “Design, Emoção e o Calçado Feminino: Mulheres que Amam Calçados“, feito pela aluna Marina Toledo Serefin, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, , onde ela desenvolve um trabalho bastante profundo e muito interessante, que analisa todo o foco de atenção para o consumo e o fato “gostar” de calçados.
Ele é super completo, foi feito com base em entrevistas com mulheres de 19 a 44 anos na região de Porto Alegre e específica de vários ângulos, inclusive semântico o fato de calçados serem tão importantes e relevantes na vida destas.

Há uma reflexão interessante pensando que estas mulheres levam em consideração vários itens na hora da escolha/compra como versatilidade, conforto e opinião alheia, estas analisam também se irão ganhar elogios ou não das pessoas mais próximas, simbolismos e fetichismo, já que se trata de algo tão cheio de significados. Além de tudo isso, há uma fundamentação histórica e teórica bem completinha.

Anúncios

O que vai além dos sapatos: sentimento!

Vejam que graça este vídeo de uma marca de calçados gringa chamada DSW Clearence, é mais um mimo para desejar um bom final de semana meninas!!

Gostaram?

Bonitinho, né?!

A Comunicação no Produto Conceitual de Moda – Um Estudo de Caso

Você alguma vez já pensou em quanta coisa um simples calçado comunica pra gente? Ok! Sei que falando assim parece meio estranho, mas um sapato não é um simples artefato (linguagem semiótica), que além de proteger os pés  do contato com o chão, ele tem múltiplas funções além disso.
Foi pensando nisso que a artista e designer holandesa Marloes ten Bhömer resolveu desenvolver um trabalho sobre o que determina que um calçado seja conceitual, é todo um trabalho muito interessante.

No Colóquio de Moda de 2014 foi apresentado um artigo científico chamado ” A Comunicação no Produto Conceitual de Moda – Um Estudo de Caso“, em que foi abordado a importância do calçado conceitual, o poder de comunicação dele enquanto obra de arte.

Veja só o resumo:

Partindo do princípio que a moda é uma manifestação social e, portanto capaz
de usar de seu alto poder comunicacional para passar mensagens, este
trabalho que tem como tema a comunicação do calçado conceitual, foi
desenvolvido com o objetivo de analisar semioticamente as criações de uma
designer, compreendendo assim o quê e como o calçado conceitual comunica.

Vem ler é muito legal!