Faça a diferença na produção!

Já notou por aí como os scarpins coloridos vão estar presentes na próxima estação? Pois bem, eles estarão firmes e fortes nos mais diversos tons, desde os mais claros até aqueles mais marcantes.

dedca8d117cdec55e687019d4838e9ed

E… se hoje é sábado, porque não arriscar um scarpin diferente e transformar sua produção? Arrisque-se! Não vai ter erro, o look ganhará um toque ultra sofisticado, clássico e bem feminino!

Scarpin Estrelado

Quer botar um saltão para se sentir poderosa, mas não quer uma produção óbvia? Que tal então, optar por uma estampa que quebra toda a formalidade de um scarpin?

 

d669cc9d78355080d003104f5116784c

 

Dá só uma olhadinha neste modelo de scarpin, com uma modelagem tradicional, de salto fino alto e bico fino, porém tudo isso é “amenizado” com o fundo de estrelas. Toda essa informação, mais clássica, que teoricamente traria um peso de sofisticação para um look glam é transformada com o acabamento, puxando para a coordenação de looks mais dia a dia e super prático.

Produção arrojada!

Uma produção pode destacar-se por ser mais arrojada apenas com uma peça, aqui vale destacar o poder transformador de um calçado. Assim, uma boa sugestão é optar por um vestido, por exemplo, com uma modelagem mais tradicional e na hora de escolher o calçado vale ousar.

 

PicMonkey Collageglamretro

 

Aqui a inspiração fica por conta de uma modelagem de calçado que mistura o scarpin e o tipo chanel (aberto na parte traseira), com um design mais arrojado, que ganha maior evidência na produção por ser colorido e dando assim uma super identidade no look.

Scarpin metalizado com salto bloco

Quando pensamos em um look um pouco mais sofisticado para uma saída com as amigas ou um jantar mais formal, nada melhor que um scarpin, não é verdade?! Ele é coringa para todas as ocasiões, acrescenta um ar clássico e sofistica ao mesmo tempo, por isso sempre será uma opção acertada.

No entanto, é interessante dar uma ousada para sair do convencional e criar uma identidade própria na coordenação dos seus looks, fazendo com que a sua produção seja realmente a sua cara, tenha uma autenticidade verdadeira.

b3ec658eb7bea9c2870768c7f9d10662

Assim sendo, uma boa pedida é tirar proveito de uma modelagem de scarpin metalizado, que por si só já cria muito impacto e some a isso o acréscimo de um salto bloco, ou seja, é puro impacto visual.

O resulta final de um look como esse é muito estilo, personalidade e que realmente se transforma com qualquer coordenação de peças. Vale a ousadia!

Modelagem de Scarpin

Muitas vezes já comentei por aqui que modelagem de calçados é um assunto um tanto quanto delicado, requer muita prática e empenho, não se trata de algo fácil e que se aprenda da noite para o dia.

Mas, sei que tem bastante gente por aí, que se interessa pelo assunto e que na hora de buscar materiais encontra dificuldades para ter acesso a alguma ferramenta. Por isso, uma boa dica de imediato é o livro Modelagem de calçados.

Por outro lado, modelagem é uma coisa que se aprende muito na prática, é imprescindível exercitar, errar, errar, ir aos poucos se achando e encontrando seu caminho de compreender a modelagem. E nessa hora, o importante é aprender através das modelagens clássicas de calçados, para que depois que você já domine esta etapa de todo o processo, você possa começar a ousar e ir construindo designs diferenciados de calçados.

Portanto, conforme acabei de comentar é necessário aprender do básico e uma das modelagens mais fáceis e básicas é a construção de um scarpin. Dá só uma olhada neste vídeo, que mostra o processo de desenvolvimento deste calçado.

 

Observe no vídeo que o cabedal do calçado não é cortado de maneira inteira, e sim divida em duas partes, uma maior que a outra. Isso ocorre, porque com a angulação do calçado por conta do salto sofre uma modificação e a parte interna do pé se modifica, fazendo com que haja necessidade de uma peça um pouco maior, do que se simplesmente a peça fosse espelhada, por isso é preciso cortar o cabedal em duas partes em dimensões diferentes, para posteriormente ser costurada, transformando as duas peças em um único cabedal.

Ficou na dúvida? Pegue um modelo de scarpin e observe a parte interna:

modelagem scarpin video

 

Viu só?! Ali dá para entender melhor, e é fácil perceber como funciona essa questão da “voltinha” interna dos pés em um calçado de salto.

Scarpin igual, mas diferente?

Finalmente chegou o sábado, né?! Pois bem, e agora é hora de pensar num look para o dia, nada muito trabalhoso, mas cheio de estilo.

 

Bem, se sua ideia for essa, uma boa sugestão é um modelo (como o da foto) de scarpin estampado com referências de slipper, na pala no cabedal.

O legal é montar um look e deixar que o calçado seja o ponto alto da produção, dando muita identidade. Que estilo optar? As possibilidades são várias, pode dar um toque girlie nas peças de roupas, glam, boyish -onde o calçado fará toda uma integração interessante- e até mesmo algo mais retrô. O que vale é você se sentir bem, mas na prática eu diria que um vestido mais sequinho, uma saia de couro, uma calça jeans e camisa ficará bem interessante, já que o que dará peso será o calçado.

Tendência Velvet

Para a próxima temporada outono/inverno calçados velvet, ou seja, com acabamento em veludo promete bombar. Seja a modelagem que for, em cores e tons bem fechados, como vinhos, avermelhados, azuis, pretos e também em tons nude, o que acrescenta uma imagem super diferenciada às produções.

 

Dá uma olhadinha nas inspirações:

1. Bota de salto grosso médio, cabedal de bico redondo e cano médio de veludo azul caneta, da Vicenza.

2. Scarpin de salto médio fino, cabedal de bico fino em veludo vinho, da Carrano.

3. Sandália de veludo nude rosé com salto alto grosso, tira inferior grossa com detalhe de nó imponente, parte traseira fechada e fechamento tipo tornozeleira com fivela forrada, da Uza.

4. Sapatilha em veludo vinho escuro, cabedal de bico arredondado, debrum aveludado e tiras para amarrações, estilo lace up, com detalhes de aplicações de hotfix e laço na parte frontal, da Arezzo.

Calçados com acabamento velvet é mais uma, dentre as opções para este outono/inverno, na hora de montar uma produção mais arrojada e cheia originalidade. Independente das peças que escolher para montar o look, este tipo de acabamento impõe muita presença e informação de moda.

Transparência nos pés

Pintou um evento onde está permitido ousar um pouco mais? Que tal apostar em um scarpin mais diferente?

 Pois bem, um look mais básico pode ganhar um charme todo especial e diferenciado com um scarpin com cabedal de efeito transparente e com detalhes de efeitos metalizados, que fazem referência a estampa animal print. A produção certamente ficará super original e cheio de atitude.

Por que precisamos de tanto?

Certamente você já tenha se perguntado sobre isso e verdadeiramente, isso não é uma discussão nova. É uma consequência de uma cultura que vivemos, que parece nos atrair cada vez mais para um número interminável de necessidades irreais.

A realidade é que por mais que, em muitos momentos, sejamos racionais e consigamos nos controlar com gastos, a sociedade consumista grita para que façamos compras. A indústria da moda, relata por um lado, que temos que pensar mais e mais sobre o assunto, mudar paradigmas de consumo e produção.

Lembro de ter lido em algum lugar um artigo que falava justamente sobre isso, do que levava as grandes redes mundiais de lojas a terem praticamente todos os dias novidades em suas lojas. Claro que, é super interessante e muito atrativo, mas ao mesmo tempo isso tudo produz uma reação em cadeia e um efeito nocivo para um ciclo de consumo que cada vez exige mais e mais da saúde do planeta.

 

É preciso pensar em um consumo consciente, que peça menos, que faça com que as pessoas aprendam e se esforcem para viver com menos, exaltando om a velha máxima que aprendi com a Bauhaus, de Sullivan “menos é mais”.

Assim tudo isso me faz refletir que, mesmo gostando tanto de calçados é importante discutir, aliás é imprescindível falar mais sobre um consumo consciente e claro. Isso não significa não ter calçados, mas sim buscar por produtos de qualidade, que você tenha como se certificar que são de qualidade, que futuramente descartados irão se decompor naturalmente e que vão agredir menos o meio ambiente.

Vale falar da era dos acúmulos, que ninguém precisa de muito e que ter menos calçados irá lhe trazer benefícios como: ter mais espaço em seu armário, você irá economizar (gastando menos!) e acima de tudo, exercite sua criatividade, é possível montar produções incríveis com poucos calçados.

Na hora de comprar, aprenda a escolher pelo melhor, o que lhe trará melhor custo/benefício, invista em modelagens clássicas, cores e materiais coringas. E… gosta de sapatilhas por exemplo? Invista em modelagens!

É possível fazer milagres com pouco e ter resultados fabulosos, afinal para que mais que um chinelo, uma sandália, sapatilhas e um scarpin?

Independente de qual seja o seu estilo preferido, seja preppy, glam, boyish, boho você sabe qual o tipo de calçado que mais usa, então faça uma analise, pense nisso e faça compras acertadas e extremamente usáveis.

Produção à la Minnie

As produções nem sempre precisam ser óbvias e comuns, é interessante às vezes se arriscar em novas possibilidades que podem abrir seu olhar.

Uma possibilidade citada como exemplo aqui hoje é se inspirar na Minnie, sem ficar estereotipada em excesso, muito pelo contrário, o resultado poderá ficar incrível, cheio de atitude e ultra feminino.

Na imagem acima é possível observar a composição do look com cores e estampas que fazem referência à personagem da Disney. Entretanto, o principal aqui é o calçado, que será a peça chave, o responsável pelo toque final e especial.

Inspire-se em calçados com estampas de poás (grandes ou pequenas) em preto e branco ou em sandálias e scarpins com o detalhe traseiro das orelinhas tão características. No final tudo forma uma unidade visual interessante sem ficar infantilizado, mas sim ultra charmoso e autêntico.