Sapatilha com transparência

A transparência é uma das fortes tendências na moda, não se trata exatamente de uma novidade, já falei aqui de outros modelos de calçados com transparência como; as sandálias, os scarpins e d’orsays.

FINALPAINELsaptranspoutfit (1)

Fato é que o vinil ou o plástico adiciona um ar diferenciado ao calçado e até mesmo à produção como um todo, com um toque despojado, sensual, moderno e tira o look do óbvio.

Você gosta desta tendência, mas sente dificuldade em usar calçados de salto? Então, este post é especialmente para você! Além das modelagens já citadas, atualmente há opções variadas de sapatilhas com transparência, ou seja uma versão, sem salto para tirar seu look da mesmice e adicionar muita informação de moda.

Dá só uma olhada nestas inspirações:

SAPATILHA TRANSPARENTE SEL

  1. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico fino e parte traseira com recortes trabalhados em couro preto, da Luiza Barcelos na Zattini.
  2. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico redondo e parte traseira em material sintético, na cor rosa claro e com acabamento envernizado, da Via Uno na Zattini.
  3. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico fino, parte traseira e debrum na cor amarela, de couro com acabamento acamurçado, da Shoestock na Zattini.
  4. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico fino, detalhe superior de laço e parte traseira em couro, com acabamento fosco na cor vermelha, da Carrano na Zattini.

O que mais chama a atenção nesta proposta de sapatilha é sair do comum, e isso é possível tanto em modelos mais sóbrios, com cores mais discretas (nudes, rosas, pretos) ou com cores mais vibrantes e que dão um toque mais alegre e descontraído ao look.

 

Slingback versão sapatilha

A modelagem do tipo slingback ou também chamada de chanel tem ganhado cada vez mais olhares nas produções e, saindo do convencional, dando mais bossa e um frescor perfeito para dias de calor. Justamente por isso, vem ganhando versões diferenciadas, cabedal tanto de bico redondo quanto de bico fino e salto diferenciados. Entretanto, há opções sem salto, estilo sapatilhas.

slingback outfit (1).jpg

Dá só uma olhada nas inspirações:

selc

  1. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino, em material sintético na cor branca, parte traseira multicor com detalhe de laço lateral e regulagem de elástico, da Vizzano na Zattini.
  2. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino, em couro com acabamento acamurçado na cor vinho, regulagem de elástico e detalhe da tira traseira com aplicações de pedras, da Carrano na Zattini.
  3. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino em couro com acabamento metalizado na cor prata, detalhe da biqueira em tecido preto e tira traseira com regulagem de elástico, da Capodarte na Zattini.

Modelos de sapatilhas slingback são uma boa opção para as estações mais quentes, garantem comodidade aos pés, dão um toque clássico e cheio de personalidade aos looks, acrescentam muita informação de moda e modernidade ao mais básico dos looks. Ou seja, trata-se daquele tipo de calçado que poderá transformar a produção com muita propriedade, é super versátil e fácil de ser coordenado.

Pedrarias Rosé

Sabe aquele look bem girlie? Pois bem, essa é a inspiração para o domingo! Nada de salto, mas mesmo assim uma produção bem delicada e feminina!

BeFunky-projectsalome

Esta sapatilha Dior possui modelagem de bico fino com pala recortada, com referências do mocassim (ou seja, toque boyish, mesmo sem parecer!), acabamento envernizado e os detalhes de aplicação de pedrarias, fazem as vezes de um calçado com cara de jóia. Tudo isso, resulta numa opção de calçado super feminina, clasy, glam e que pode ser usada em looks tanto durante o dia como à noite, com produções sofisticadas e elegantes sempre!

Um look + um sapato: Girlie desconstruído

O girlie é um estilo que é reconhecido por ser super delicado e feminino, sempre com uma pegada mais jovial e uso de tons mais doces, como as candy colors. Mas, que tal desconstruir tudo isso, transformando um look girlie? Essa é a proposta de hoje:

BeFunky Collagegilie descontruido

A produção possui referências variadas, pois a modelagem do vestido é girlie, os detalhes de rendas e amarrações da gola traduzem um certo romantismo, por outro lado o uso do vermelho mais intenso traz uma coisa mais adulta e nos pés o toque final fica por conta do mocassim preto, de couro com acabamento envernizado e textura croco, com cabedal de bico redondo da Luiza Barcelos na Zattini,  trazem à tona informações boyish, ou seja, do guarda roupa masculino. E assim, tudo isso, resulta em uma produção  com personalidade, não tão comum e inteligente.

 

Um look + um sapato: Normcore

Vamos começar uma nova seção por aqui? A partir de hoje a ideia é dar mais amplitude para as possibilidades dos calçados baixos, ou seja, ir além da clássica (e não menos amada!) sapatilha.

Você certamente já ouvir falar, inclusive por aqui, do estilo normcore, não é mesmo?! Para explicar melhor, vamos entender que: o termo traduz-se como uma maneira de distinção dos demais, ou seja, não seguir tendências, mas sim de um estilo sem gênero, que destaca-se por ser despretensiosa.

Dá só uma olhada nesta inspiração de look:

BeFunky Collage

Na imagem é possível observar as características citadas anteriormente, através do uso de cores sóbrias e modelagens mais preocupadas com o conforto, assim como o calçado, que possui referências do guarda roupa masculino, por exemplo este mocassim caramelo, com cabedal de bico redondo, de couro, e detalhes de franjas com aplicações de mini tachas, da Shoestock na Zattini.

Naturalmente, este mocassim pode ser coordenado com uma possibilidade enorme de produções, ficando super interessante se mesclado com peças de outros estilos. Mas, vale a pena conhecer os mais diversos estilos e observar qual combina mais com a sua personalidade.

Gostou da ideia? Deste formato de post? E deste estilo? Conta mais aqui!

 

 

Sapatilhas Bow

Não é de hoje que o detalhe bow tem aparecido nos calçados, ano passado tanto no outono/inverno quanto nas coleções primavera/verão as marcas investiram em modelos com esta informação desde sandálias, chinelos tipo slide, tênis etc. Mas, nesta temporada outono/inverno as sapatilhas também ganham suas versões.

O bow nada mais é que uma amarração tipo nó ou laço mais estruturada, robusta que acaba se tornando protagonista do calçado, dando ainda mais autenticidade para os looks.

BeFunkyCollagebow

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide1

  1. Sapatilha em couro rosa, cabedal de bico fino com bow e recortes nas laterais, da Arezzo. 
  2. Sapatilha nude em material sintético, estilo slingback, de cabedal de bico fino com bow, da Dumond na Zattini.
  3. Sapatilha preta de camurça, cabedal de bico fino, parte traseira aberta tipo mule com amarração bow, da Vinci Shoes.
  4. Sapatilha rosa em veludo, estilo slingback, cabedal de bico fino com laço tipo bow e parte traseira aberta, da Vicenza.

O grande trunfo desta proposta de calçado é dar um ar mais originalidade aos looks, perfeito para quem não abre mão de uma boa sapatilha e assim, destacar a produção com mais propriedade e informação de moda.

Toque oriental

Montou a sua produção de domingo, mas queria algo que desse mais identidade ao look? Que tal apostar num toque oriental?

BeFunky Collagemonocr

 

Esta sapatilha tem toda uma referência dos vestidos orientais no seu design; como as tiras, botões e bordados no cetim, o que resulta em propostas mais originais e autênticas quando mescladas a estilos mais básicos e monocromáticos, por exemplo.

Bom domingo!

O clássico Branco e Preto

Que a mistura das cores branco e preto nos looks é um clássico da moda não há dúvida, né?! É um artifício na hora de compor a produção que sempre resulta em propostas interessantes, sóbrias e elegantes.

BeFunkyCollagelook

Mas, além desta mescla ser usada nas peças de roupas uma outra ideia é tirar proveito através sapatilhas bicolores, em suas diferentes modelagens, dando mais personalidade e um toque mais moderno.

Algumas inspirações:

Slide1

  1. Sapatilha bicolor estilo slingback, gáspea branca com biqueira preta envernizada e de ponta quadrada, da Arezzo.
  2. Sapatilha bicolor em couro, cabedal todo branco com biqueira redonda preta, detalhe frontal de tira preta com botão e acabamento em vira preto, da Capodarte na Zattini.
  3. Sapatilha estilo slipper bicolor em couro texturizado tipo croco, cabedal todo branco com pala recortada, acabamento em vira e barbicacho azuis, da Shoestock.

O grande diferencial dos calçados baixos bicolores, como é o caso das sapatilhas, é que tiram do óbvio a produção, em algumas modelagem (mocassins e slippers) trazem algumas referências do guarda roupa masculino, em outros casos (nas modelagens mais tradicionais; bico fino e bico redondo, por exemplo) dão mais personalidade ao look, deixando feminino e moderno.

Sapatilha Red Fever

Não faz muito tempo apresentei por aqui uma série de sapatilhas coloridas, lembra?! Na ocasião abordei caso a caso, como combinar as cores e em um post em especial destaquei as sapatilhas vermelhas. Pois muito bem, nesta temporada outono/inverno 2018 o vermelho vem como uma tendência forte, sendo chamado de Red Fever, ou seja, trata-se desta vez, de um vermelho em tom alaranjado, bem aberto e marcante.

BeFunkyCollagelook

Vem dar uma espiada nas opções de modelagens:

Slide1

  1. Sapatilha red fever envernizada, cadebal de bico redondo com detalhes de franjas e laço, da Anacapri.
  2. Sapatilha red fever estilo slingback, cabedal de bico fino e parte traseira aberta, da Divalesi.
  3. Sapatilha red fever com design diferenciado, com referências tipo loafer e decote mais alto, da Vicenza.

Uma boa dica se você tem certo receio de pesar a mão na hora de montar a produção, mas deseja acrescentar um toque de modernidade, é se arriscar com pitadas da cor. Isso nada mais é que, tentar adicionar detalhes como: bolsas, brincos, colares, pulseiras, lenços e calçados. Assim, você irá evidenciar informação de moda e ao mesmo tempo, dar mais personalidade aos looks.

Individualidade, por favor?

Ultimamente temos visto por aí uma avalanche de informações que parecem nos levar para uma busca por mais individualidade na moda. É algo como se cada um buscasse pelo seu estilo próprio, sem seguir tantos modismos. Antes de seguir em frente, que fique muito claro: esta é a minha maneira de perceber o momento na moda, e não acho que as tendências deixem de ser importantes, ok?! Já há algumas temporadas temos percebido como o design minimalista tem aparecido e isto de certo modo, é uma “tendência, ou seja, uma demostração deste fato!

Por isso, acho que muitas marcas de calçado tem tentado cada vez mais, se reinventar e apresentar modelagens diferenciadas, mais autorais e portanto, com um resultado que à primeira vista são “diferentões”, mas que por outro lado destacam um interesse das pessoas por modelos mais autênticos e originais.

8e4d582cf127d76af07ac998b7a675b4

Este é o caso do modelo da foto acima, com um design super original, de bico quadrado, uma fivela quadrada prata que marca imponência, as amarrações traseiras trazem com referências das fitas das sapatilhas de ponta das bailarinas, a cor suave e tudo isso, produz um efeito particular, que destaca porém de modo discreto.

Inspire-se nestes pensamentos na hora de montar sua produção deste domingo! Independente das peças que escolher montar seu look, saiba que o calçado terá grande peso, já que trata-se de um modelo mais impactante e cheio de identidade.