Sapatilha em tons terrosos para os dias de calor?

Mesmo nos dias de calor, que ainda estão por vir, as sapatilhas são uma ótima opção para deixar o look moderninho e cheio de estilo, especialmente os tons terrosos, caramelos. Há uma variedade imensa de modelagens de sapatilhas, além da clássica, de cabedal fechado de bico fino, ou bico redondo, ou bico quadrado. Mas, uma dica é pensar em modelagens diferenciadas, assim a produção ganhará mais identidade.

Dá só uma olhada nestas inspirações, que irão deixar seu look ainda mais incrível:

outfitt camel

  1. Sapatilha com referências de peep toe caramelo, em couro com acabamento nobuck, gáspea aberta de tiras entrecruzadas e parte traseira fechada, da Shoestock na Zattini.
  2. Sapatilha com modelagem inspirada no d’orsay, na cor caramelo, gáspea de bico fino em material sintético com efeito trançado, parte traseira fechada e fechamento de tipo tornozeleira com fivela, da Via Uno na Zattini.
  3. Sapatilha tipo peep toe na cor caramelo, gáspea aberta de bico redondo, em material sintético, tira de malha trançada com detalhe dourado e parte traseira fechada, da Via Uno na Zattini.

Na foto da esquerda a produção é toda fresquinha, pensada exatamente para um dia de calor, onde cada peça traz à tona o estilo boho, com um toque rústico e ao mesmo tempo super descolado. E todo este look é coordenado com uma sapatilha de tipo peep toe, onde alguns dedos ficam à mostra, as laterais abertas e a parte traseira fechada, acrescenta assim mais identidade.

Inspire-se nesta produção e nos modelos apresentados para deixar seu look fresquinho, descolado e cheio de atitude!

 

Calçados de Casamento: Pregnant Style

Que informações importantes deve-se levar em conta na hora de escolher um calçado para uma noiva gestante?

Assim como o vestido, tudo vai depender de uma série de fatores como:

  • de quanto tempo esta mulher está gravida? Isso porque quanto mais avançada estiver a gestação e portanto a barriga maior, será mais desconfortável para a mulher usar um calçado de salto muito alto e fino, por exemplo.
  • quais são os  hábitos? Ou seja, se esta noiva já está habituada em sua vida a usar salto, talvez não haja grandes problemas, mas é válido ter a percepção sobre como o pé da gestante noiva se comporta, pois há muitas mulheres que os pés incham consideravelmente e portanto, usar um calçado de bico e de salto finos, ou uma sandália com muitas tiras e amarrações não será a melhor escolha.

lookpreg (1).jpg

É claro que a experiência de cada mulher durante a gravidez é única, ou seja, não há regras para dizer se deve-se usar este ou aquele tipo de calçado, até porque deve-se levar em conta também as orientações médicas.

No entanto, é indispensável que esta noiva se sinta confortável e bonita, e o calçado faz  parte de toda a produção, por isso é importante pensar com carinho nele. De forma geral, os saltos de espessura média a grossa e de alturas média a baixa são opções consideradas ideias, pois dão segurança ao caminhar, mas também atendem ao desejo de usar um salto. Porém, outros modelos de calçados sem salto como sapatilhas e sandálias rasteiras também são excelentes opções.

Dá só uma espiadinha nesta curadoria especial aqui:

 

Slide1

  1. D’orsay branco em cetim cristal, gáspea aberta deixando apenas alguns dedos à mostra com acabamento plissado e detalhe de strass de enfeite no centro, parte traseira fechada com acabamento liso e fechamento do tipo tornozeleira, da Spaço Criativo na Zattini.
  2. Sandália nude em material sintético com acabamento acamurçado, gáspea em tiras entrecruzadas, parte traseira fechada e fechamento de tiras para amarração com nó, da Amaro na Zattini.
  3. Sapatilha branca em renda transparente, cabedal de bico com ponteira reforçada internamente que não deixam os dedos aparentes, parte traseira e salto forrado em cetim cristal branco, da Spaço Criativo na Zattini.
  4. Scarpin bege em couro e material sintético com acabamento envernizado, de salto médio grosso, cabedal de bico redondo, parte lateral que é costurada a parte traseira com recorte diferenciado, da Vizzano na Zattini.
  5. Scarpin branco em material sintético com textura croco e acabamento envernizado, cabedal de bico fino, com recortes no decote e detalhe de tira laço, salto baixo tipo kitten heels, da Luiza Barcelos na Zattini.

Tendo como base estes modelos e as modelagens de calçados destacados aqui, é possível observar que há uma grande variedade e que podem atender muito bem as necessidades de uma noiva gestante, pensando tanto no conforto e bem estar como em atender ao desejo de usar um de calçado de salto ou não, mas que combine com a produção e deixe esta noiva incrível.

Opções de look de trabalho para dias de calor

Conforme as estações mais quentes do ano vão se aproximando é fundamental pensar em looks que proporcionem bem estar, que sejam peças leves, mas que ao mesmo tempo estejam adequadas ao ambiente de trabalho.

Além disso do vestuário, é imprescindível dar atenção também para os calçados, ou seja, pensar em modelos e modelagens que tragam frescor, conforto e harmonia à produção como um todo.

lookjob2.jpg

Por isso, preparei uma curadoria especial, como alguns modelos de sapatilhas versáteis, que podem ir à ambientes de trabalho mais despojados:

Slide2

  1. Sapatilha d’orsay nude, gáspea de bico redondo em material têxtil com referências macramê, parte traseira fechada com tornozeleira em material sintético, da Shoestock na Zattini.
  2. Sapatilha estilo slingback com gáspea de bico vermelha, em material sintético e acabamento envernizado, tira traseira nude com elástico nas laterias em material sintético com acabamento acamurçado, amarração de tiras laterais pink de material sintético com acabamento acamurçado, da Amaro na Zattini.
  3. Sapatilha slingback com cabedal de bico fino em couro com acabamento estampado animal print de onça, da Luiza Barcelos na Zattini.

O grande trunfo de montar produções de trabalho com sapatilhas para os dias de calor é apostar em modelagens que sejam abertas, pode ser estilo peep toe (deixando alguns dedos à mostra), modelos com a ou as laterais abertas (d’orsay), modelos assandalhados como os slingbacks ou também chamados de chanel, modelagens tipo salomé, tipo boneca etc. Ou seja, o céu é o limite, há uma variedade super incrível e que te permite montar produções super adequadas no ambiente de trabalho.

Como montar um look primaveril para o trabalho?

Com a possibilidade da chegada de dias mais quentes, às vezes, bate uma dúvida de como montar uma produção adequada para o trabalho com as sapatilhas, né?!

Minha dica pra você seria apostar em modelagens de sapatilhas mais fresquinhas e em looks mais básicos, assim você poderá misturar peças, dando múltiplos usos para o look por inteiro.

Vale lembrar aqui que esta dica é ampla, ou seja, naturalmente há ambientes de trabalho que não permitem calçados abertos e exige produções mais sóbrias e formais. Porém, a ideia aqui é falar de outros ambientes, onde peças básicas e clássicas como calça jeans e camisas, por exemplo, estão adequadas. Esclarecido isto, vamos adiante!

lookjob (1).jpg

A sapatilha é um tipo de calçado, amado por grande parte das mulheres e que vai bem com absolutamente todas as produções, desde as mais simples até as mais elaboradas. Acredito que isto se deva muito ao fato de; ser um calçado sem salto, existir em modelagens diversas, cabedais com bicos redondos, quadrados,  fino, amendoados, abertos tipo peep toe e muito mais. E consequentemente atende ao desejo e estilo de todas.

Com base nos looks básicos mostrados acima, coordenar os looks de trabalho com opções de sapatilhas mais fresquinhas são mais que necessárias na primavera. Dá só uma olhada nesta curadoria:

Slide1 (1)

  1. Sapatilha d’orsay preta, em material sintético com acabamento nobuck, gáspea de bico fino e parte traseira fechada, da Bebecê na Zattini.
  2. Sapatilha slingback na cor bege, em couro, cabedal de bico fino com recorte assimétrico, deixando a parte interna aberta, parte traseira de aspecto torcido, da Carrano na Zattini.
  3. Sapatilha d’orsay nude, em material sintético com acabamento envernizado, gáspea de bico fino com detalhe franjando de estampa animal print, com referências dos mocassins, parte traseira fechada, da Shoestock na Zattini.

De maneira geral, o mais importante na hora de coordenar produções de trabalho primaveris é pensar em peças versáteis, que tragam mais conforto e frescor. Uma possibilidade é tirar proveito das modelagens de sapatilhas mais abertas. E acima de tudo, é dar a sua identidade e estilo ao look de trabalho.

Sapatilha com transparência

A transparência é uma das fortes tendências na moda, não se trata exatamente de uma novidade, já falei aqui de outros modelos de calçados com transparência como; as sandálias, os scarpins e d’orsays.

FINALPAINELsaptranspoutfit (1)

Fato é que o vinil ou o plástico adiciona um ar diferenciado ao calçado e até mesmo à produção como um todo, com um toque despojado, sensual, moderno e tira o look do óbvio.

Você gosta desta tendência, mas sente dificuldade em usar calçados de salto? Então, este post é especialmente para você! Além das modelagens já citadas, atualmente há opções variadas de sapatilhas com transparência, ou seja uma versão, sem salto para tirar seu look da mesmice e adicionar muita informação de moda.

Dá só uma olhada nestas inspirações:

SAPATILHA TRANSPARENTE SEL

  1. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico fino e parte traseira com recortes trabalhados em couro preto, da Luiza Barcelos na Zattini.
  2. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico redondo e parte traseira em material sintético, na cor rosa claro e com acabamento envernizado, da Via Uno na Zattini.
  3. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico fino, parte traseira e debrum na cor amarela, de couro com acabamento acamurçado, da Shoestock na Zattini.
  4. Sapatilha com transparência em vinil nas laterais, gáspea de bico fino, detalhe superior de laço e parte traseira em couro, com acabamento fosco na cor vermelha, da Carrano na Zattini.

O que mais chama a atenção nesta proposta de sapatilha é sair do comum, e isso é possível tanto em modelos mais sóbrios, com cores mais discretas (nudes, rosas, pretos) ou com cores mais vibrantes e que dão um toque mais alegre e descontraído ao look.

 

Slingback versão sapatilha

A modelagem do tipo slingback ou também chamada de chanel tem ganhado cada vez mais olhares nas produções e, saindo do convencional, dando mais bossa e um frescor perfeito para dias de calor. Justamente por isso, vem ganhando versões diferenciadas, cabedal tanto de bico redondo quanto de bico fino e salto diferenciados. Entretanto, há opções sem salto, estilo sapatilhas.

slingback outfit (1).jpg

Dá só uma olhada nas inspirações:

selc

  1. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino, em material sintético na cor branca, parte traseira multicor com detalhe de laço lateral e regulagem de elástico, da Vizzano na Zattini.
  2. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino, em couro com acabamento acamurçado na cor vinho, regulagem de elástico e detalhe da tira traseira com aplicações de pedras, da Carrano na Zattini.
  3. Slingback versão sapatilha com cabedal de bico fino em couro com acabamento metalizado na cor prata, detalhe da biqueira em tecido preto e tira traseira com regulagem de elástico, da Capodarte na Zattini.

Modelos de sapatilhas slingback são uma boa opção para as estações mais quentes, garantem comodidade aos pés, dão um toque clássico e cheio de personalidade aos looks, acrescentam muita informação de moda e modernidade ao mais básico dos looks. Ou seja, trata-se daquele tipo de calçado que poderá transformar a produção com muita propriedade, é super versátil e fácil de ser coordenado.

Pedrarias Rosé

Sabe aquele look bem girlie? Pois bem, essa é a inspiração para o domingo! Nada de salto, mas mesmo assim uma produção bem delicada e feminina!

BeFunky-projectsalome

Esta sapatilha Dior possui modelagem de bico fino com pala recortada, com referências do mocassim (ou seja, toque boyish, mesmo sem parecer!), acabamento envernizado e os detalhes de aplicação de pedrarias, fazem as vezes de um calçado com cara de jóia. Tudo isso, resulta numa opção de calçado super feminina, clasy, glam e que pode ser usada em looks tanto durante o dia como à noite, com produções sofisticadas e elegantes sempre!

Um look + um sapato: Girlie desconstruído

O girlie é um estilo que é reconhecido por ser super delicado e feminino, sempre com uma pegada mais jovial e uso de tons mais doces, como as candy colors. Mas, que tal desconstruir tudo isso, transformando um look girlie? Essa é a proposta de hoje:

BeFunky Collagegilie descontruido

A produção possui referências variadas, pois a modelagem do vestido é girlie, os detalhes de rendas e amarrações da gola traduzem um certo romantismo, por outro lado o uso do vermelho mais intenso traz uma coisa mais adulta e nos pés o toque final fica por conta do mocassim preto, de couro com acabamento envernizado e textura croco, com cabedal de bico redondo da Luiza Barcelos na Zattini,  trazem à tona informações boyish, ou seja, do guarda roupa masculino. E assim, tudo isso, resulta em uma produção  com personalidade, não tão comum e inteligente.

 

Um look + um sapato: Normcore

Vamos começar uma nova seção por aqui? A partir de hoje a ideia é dar mais amplitude para as possibilidades dos calçados baixos, ou seja, ir além da clássica (e não menos amada!) sapatilha.

Você certamente já ouvir falar, inclusive por aqui, do estilo normcore, não é mesmo?! Para explicar melhor, vamos entender que: o termo traduz-se como uma maneira de distinção dos demais, ou seja, não seguir tendências, mas sim de um estilo sem gênero, que destaca-se por ser despretensiosa.

Dá só uma olhada nesta inspiração de look:

BeFunky Collage

Na imagem é possível observar as características citadas anteriormente, através do uso de cores sóbrias e modelagens mais preocupadas com o conforto, assim como o calçado, que possui referências do guarda roupa masculino, por exemplo este mocassim caramelo, com cabedal de bico redondo, de couro, e detalhes de franjas com aplicações de mini tachas, da Shoestock na Zattini.

Naturalmente, este mocassim pode ser coordenado com uma possibilidade enorme de produções, ficando super interessante se mesclado com peças de outros estilos. Mas, vale a pena conhecer os mais diversos estilos e observar qual combina mais com a sua personalidade.

Gostou da ideia? Deste formato de post? E deste estilo? Conta mais aqui!

 

 

Sapatilhas Bow

Não é de hoje que o detalhe bow tem aparecido nos calçados, ano passado tanto no outono/inverno quanto nas coleções primavera/verão as marcas investiram em modelos com esta informação desde sandálias, chinelos tipo slide, tênis etc. Mas, nesta temporada outono/inverno as sapatilhas também ganham suas versões.

O bow nada mais é que uma amarração tipo nó ou laço mais estruturada, robusta que acaba se tornando protagonista do calçado, dando ainda mais autenticidade para os looks.

BeFunkyCollagebow

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide1

  1. Sapatilha em couro rosa, cabedal de bico fino com bow e recortes nas laterais, da Arezzo. 
  2. Sapatilha nude em material sintético, estilo slingback, de cabedal de bico fino com bow, da Dumond na Zattini.
  3. Sapatilha preta de camurça, cabedal de bico fino, parte traseira aberta tipo mule com amarração bow, da Vinci Shoes.
  4. Sapatilha rosa em veludo, estilo slingback, cabedal de bico fino com laço tipo bow e parte traseira aberta, da Vicenza.

O grande trunfo desta proposta de calçado é dar um ar mais originalidade aos looks, perfeito para quem não abre mão de uma boa sapatilha e assim, destacar a produção com mais propriedade e informação de moda.