Botinhas estilo Coachella

Gosta de looks super descolados tipo festival Coachella? Então esse post é perfeito para você!

As botinhas de cano curto, de salto baixo, com tiras, franjas e/ou fivelas são uma super tendência este outono/inverno e acrescentam às produções um perfume mais gipsy e boho.

Slide1

 

Dá só uma olhadinha nas inspirações:

 

Slide2

  1. Bota de cano curto marrom escuro, cabedal de bico redondo com duas tiras largas e detalhes de fivelas em ouro velho da Vizzano.
  2. Bota de cano curto marrom chocolate, com design mais recortado nas laterais do cano e cabedal de bico mais para fino com duas tiras largas e fivelas médias prateadas, da Cravo e Canela.
  3. Bota de cano curto preta em material acamurçado, cabedal de bico mais fino, com três tiras centrais finalizadas com três fivelas e intercaladas com ponteiras prateadas, da Shoestock.

 

Esta modelagem de bota é bastante versátil para ser usada no inverno tanto com calças, normalmente em modelagens mais slim, mas também pode ser coordenado com outras peças, resultando em produções bem descoladas com vestidos, shorts ou saias, dando assim um toque cheio de atitude.

Modelagem de Peep Toe

Você tem acompanhado os posts anteriores de modelagem? Sabe o motivo desta pergunta? É que estes posts vão te ajudar a entender melhor todo o desenvolvimento da modelagem de um peep toe, é como se fosse a base para que você possa compreender melhor as etapas. Por isso, te indicaria ler modelagem de scarpin e oficina de modelagem de calçados (parte 1, 2 e 3) para ler.

 

modelagemPicMonkey Collage

 

O peep toe se caracteriza por ser um calçado de modelagem clássica, de cabedal com abertura frontal deixando dois ou três dedos aparentes e tradicionalmente todo o restante do calçado fechado, semelhante ao scarpin. Com a evolução das modelagens e o design de calçados, muitos modelos de peep toe ganharam versões com saltos extremamente altos e para equilibrar o calçado, foram adicionadas meias patas ou modelagens amalfi (meia pata sutil) na parte frontal inferior.

 

forma-para-calcados-feminino-modelo-sandalias-com-salto-D_NQ_NP_10209-MLB20026284869_012014-F

 

Antes de começar a contar sobre o desenvolvimento da modelagem em si do peep toe, vale lembrar que: em geral, este modelo de calçado é de salto, variando de altura (médio e alto) e tipos (fino, cone, bloco, quadrado etc), portanto na hora de iniciar todo o trabalho, lembre-se que é importante escolher uma fôrma de salto e que a angulação escolhida vai variar de acordo com essa fôrma.

Depois de eleita a fôrma inicia-se todo o processo de modelagem, que é de empapelamento, desenhar na própria fôrma o projeto do calçado e transferência do molde.

O resultado final do cabedal de um peep toe ficará assim:

 

li

 

Transferência de molde e correções.

 

20150227_121955

Recorte do molde por espelhamento.

 

lo

Em muitos casos, por conta do ângulo da fôrma, já que se trata de um calçado de salto,  para uma melhor adequação do cabedal à fôrma e futuramente ao pé, a separação da parte traseira. Ou seja, o cabedal que é uma peça única é recortado e posteriormente costurado e conformado na fôrma.

 

Muitos modelos de peep toe são confeccionados em uma peça única de cabedal, no entanto quando realizados com essa separação de peças e costurados, fazem com que seja um calçado de melhor anatomia. Porém é importante, falar também, que nessa hora, é indispensável a adição de margens de costuras nestas peças, cerca de 5mm para que o calçado que foi feito em uma determinada numeração não acabe ficando apertado.

 

peeptoeScreenshot_2017-07-08-22-47-25

Imagem do instagram de: Shoes of Prey

 

Outra observação válida é, muitos peep toes são desenvolvidos de uma maneira um pouco diferente, separando a gáspea do cabedal. Isso significa que durante a modelagem as peças são construídas e recortadas separadamente e depois unidas no processo de costura e conformação.

Coturno de salto alto

Quando a marca Louis Vuitton apareceu na semana de moda de Paris com um coturno de salto alto, solado tratorado e acabamento envernizado muita gente torceu o nariz, achou o modelo de calçado muito pesado para ser coordenado com outras peças mais casuais.

Mas, o tempo passou e as marcas assumiram este estilo como uma boa tendência para este outono/inverno, trazendo um calçado impactante, cheio de atitude, estilo e conforto, já que os saltos não são tão altos e grossos.

Slide1

Dá só uma olhadinha, nas inspirações:

Slide2

1. Coturno envernizado de solado tratorado grosso, de salto alto, cano médio, bico arredondado, ilhós prateado e cadarços pretos, da Bottero.

2. Coturno envernizado de solado tratorado leve, salto de médio para baixo, cano médio, ilhós prateado, cadarços pretos e bico redondo, da Love Shoes na Dafiti.

3. Coturno envernizado, salto alto grosso, solado tratorado leve, bico redondo, ilhós prateado e cadarços pretos mesclados, da Tanara.

 

O diferencial desta modelagem é, de fato, produzir uma efeito que sai do óbvio na coordenação da produção. Ou seja, um look com uma pegada mais glam por exemplo, ganha um outro olhar se acrescido deste tipo de coturno. Vale se arriscar, né?!

Bota é bota?

Bota é bota, certo? Não, a resposta não é tão óbvia assim! Atualmente as marcas investem cada vez mais em designs diferenciados e com isso, o resultado nem sempre é um bota comum e corriqueira. Naturalmente, que por uma questão de demanda de mercado, há as modelagens mais clássicas e tradicionais de botas, já que é o que muita gente prefere. Entretanto, são nos detalhes das botas que, aos poucos, elas vão se desligando do formato tradicional e incorporando pitadas de informações de moda, elementos arquitetônicos entre outras coisas e no final se destacam em propostas de calçados bem arrojadas.

 Por isso tudo que comentei acima, uma boa sugestão para a produção de um sábado mais gelado é incrementar o look com uma bota semelhante, com um design mais arrojado no salto e cano mais recortado do que o estilo típico, das botas.

Nadando com a corrente das produções mais minimalistas este tipo de calçado é uma boa opção, pois é onde o restante do look ganhará mais peso e presença. Porém, mesmo que você opte por outros estilos de coordenação de peças, o resultado sempre ficará interessante, inclusive o tradicional calça jeans e jaqueta caem super bem!

Quer sapato com laço grande?

Vira e mexe você vê por aí, nas revistas, Pinterest e afins aqueles sapatos super sofisticados, de marcas mega famosas com aqueles laços estruturados na parte traseira de um scarpin ou na tornozeleira de modelos que são tipo pulseira.

Mas, verdade seja dita, por hora não chegamos neste patamar da sofisticação, então o jeito é improvisar e criar detalhes que pareçam sofisticados, sem que fiquem muito caricatos ou com acabamento feio.

Portanto, a dica de hoje é um tipo DIY com um modelo de calçado, de sua preferência, porém que possuam tornozeleira.

Acompanhe o quadro abaixo:

Você vai precisar de:

  • 1 par de calçado com tornozeleira

  • elástico de gorgurão largo preto

  • velcro preto

  • cola

  • frio preto

  • agulha

  • tesoura

Como começar?

1) Faça o laço, amarre e dê um pontinho no centro apenas para firmar com o fio preto e a agulha.

2) Faça uma espécie de tornozeleira com outra parte do gorgurão, que possa ficar presa na parte da tornozeleira do calçado.

3) Cole um pedaço do velcro no laço e a outra parte na tornozeleira de gorgurão que você fez no passo anterior. Espere secar.

4) Depois de secos os velcros, junte o laço na tornozeleira de gorgurão que você fez e assim, você terá o calçado pronto com o laço estruturado.

Este tipo de calçado é uma boa opção para quem gosta de produções mais girlies com um toque glam.

Vale a pena tentar, não é mesmo? E quando não quiser usar o calçado desta maneira basta tirar a tornozeleira de gorgurão, já que é o que sustenta o laço.

Bota de Cano Médio e Solado Tratorado

No outono/inverno as botas, como sempre, são itens indispensáveis, porque elas ajudam a manter a temperatura dos pés mais quentinhas nos dias de frio, proteger os pés nos dias de chuva, dão um toque super característico de inverno aos looks.

Assim, dentre tantas as opções de botas que temos visto por aí, hoje é a vez de falar das botas cano médio com elástico nas laterias, inspirada na modelagem das chelseas e o solado tratorado, que proporciona mais peso ao resultado final da produção, dando um perfume mais rocker.

Dá uma espiadinha nas inspirações:

1. Bota de cano médio, cabedal todo preto com elástico nas laterais, salto baixo e solado ligeiramente tratorado, da Bottero.

2. Bota de cano médio, cabedal acamurçado caramelo com elástico marrom nas laterais, salto médio e solado discretamente tratorado, da Dakota.

3. Bota de cano médio, cabedal marrom, com biqueira estilo derby, elástico marrom nas laterais, detalhe de tira com fivela no meio do cabedal, salto alto grosso e solado tratorado, da Parô.

4. Bota de cano médio, cabedal metalizado em specchio com detalhes em florão, elástico nas laterais, porém revestido pelo mesmo material do cabedal, salto alto grosso e solado tratorado, da Santa Lolla.

Este tipo de modelagem de bota é uma boa opção para o dia a dia, pois são confortáveis, fáceis de calçar e versáteis para se coordenar por exemplo com; calça jeans e jaqueta jeans, calça destroyed com jaqueta de couro, legging de vinil e até mesmo um look mais boho ou gipsy caem super bem.

Salomé Velvet

Você já deve ter percebido o quanto ultimamente tenho falado e mostrado aqui calçados com acabamento de veludo, né?! Pois é, fato é que este é um acabamento que chegou com bastante força nesta temporada, então não tem como não falar e repetir o assunto, mas em diferentes modelos por aqui.

  

  Hoje como é sábado uma sugestão/inspiração para a sua produção é adicionar um perfuminho retrô, um modelo salomé que acrescenta autenticidade e ao mesmo tempo informação de moda com acabamento em veludo azul marinho.

Na hora de montar a produção se arrisque, o clássico vestido ou saia é sucesso garantido, entretanto vale ousar em produções com uma calça jeans mais sequinha e mesclando estilos, enfatizando assim a sua personalidade única.

Ousando no metalizado!

É… não tem como negar, o metalizado está realmente por todos os lados, cada vez mais temos tido mais opções de modelos com este tipo de acabamento, tanto fosco quanto ao estilo specchio (vulgo: brilho intenso, reflexo de espelho!).

Fato é: os metalizados tiram do marasmo qualquer look e dão aquele up.

A inspiração do dia não é nada mais, nada menos que um modelo da famosa Jimmy Choo. O design do calçado se destaca por trazer referências do clássico d’orsay e ao mesmo tempo das ankle boots. Assim, o resultado final se destaca por ser um calçado com pitadas mais modernas e contemporâneas, deixando toda a produção sofisticada, mas também bem fashionista.

Botas, porém envernizadas!

Nada melhor que uma boa bota para o inverno, não é mesmo?! Raro é o calçado que seja tão coringa quanto uma boa bota, e nesta temporada elas vieram repaginas em muitas versões. Assim, hoje é a vez de falar das botas de cano baixo, salto grosso e cabedal com acabamento em verniz.

 

Dá só uma espiadinhas nas inspirações:

1. Bota preta com acabamento envernizado, de salto médio grosso e cabedal de bico fino, da Carrano.

2. Bota preta envernizada, de salto alto grosso e cabedal de bico arredondado em strech, da Schutz.

3. Bota vinho escuro envernizada, de salto grosso baixo para o médio, cabedal de bico arredondado, da Dakota.

4. Bota preta envernizada, salto alto grosso, cabedal de bico fino e fechamento de zíper, na parte central, da Uza.

5. Bota preta envernizada, salto alto fino, cabedal de bico fino e cano em strech, com elástico para regular, da Cecconello.

A grande vantagem das botas envernizadas é que elas acrescentam um ar mais fashionista aos looks, tirando o óbvio de usar, simplesmente qualquer botas no inverno e revelando, desta forma, personalidade e identidade à produção.

Scarpin igual, mas diferente?

Finalmente chegou o sábado, né?! Pois bem, e agora é hora de pensar num look para o dia, nada muito trabalhoso, mas cheio de estilo.

 

Bem, se sua ideia for essa, uma boa sugestão é um modelo (como o da foto) de scarpin estampado com referências de slipper, na pala no cabedal.

O legal é montar um look e deixar que o calçado seja o ponto alto da produção, dando muita identidade. Que estilo optar? As possibilidades são várias, pode dar um toque girlie nas peças de roupas, glam, boyish -onde o calçado fará toda uma integração interessante- e até mesmo algo mais retrô. O que vale é você se sentir bem, mas na prática eu diria que um vestido mais sequinho, uma saia de couro, uma calça jeans e camisa ficará bem interessante, já que o que dará peso será o calçado.