Slouch boot

Como em todo inverno as botas chegam em mil e uma versões, para todos os gostos e também com muita informação de moda sobre o que está rolando por aí.

Nesta temporada outono/inverno uma das tendências em botas é a modelagem slouch, ou seja, aquele tipo de cano com aspecto ‘molengo”, que quando calçado fica todo enrugado, com canos de diversas alturas e salto cone.

BeFunky Collageslouch

Dá só uma espiadinha nas inspirações:

Slide1

  1. Slouch boot preta, de couro, cabedal de bico fino, cano de altura média/baixa e salto cone, da Santa Lolla.
  2. Slouch boot na cor mel, em camurça, cabedal de bico fino, cano médio/alto e salto cone, da Luiza Barcelos.
  3. Slouch boot caramelo, em couro, cabedal de bico arredondado, cano médio/baixo e salto cone, da Bottero na Zattini. 
  4. Slouch boot preta, de couro, cabedal de bico fino, cano curto e salto cone, da Raphaella Booz na Zattini.

 

As botas slouch são uma boa opção, seja em canos mais altos ou curtos, para compor um look de inverno moderno. Outra vantagem é o fato de ter salto cone, que cansam menos que os modelos de botas com saltos finos, proporcionando assim uma elegância inata dos saltos, mas com um toque mais despojado e antenado com as tendências.

Calçados de Casamento: Anabela – Curadoria Especial

Lembra quando falei aqui nesta série sobre modelos de calçados anabela? Caso você não se lembre, rapidamente vou ressaltar que: anabela não é um modelo de calçado, mas sim um tipo de salto.

Atualmente existe uma infinidade de modelos e modelagens de calçados com salto anabela, estes se caracterizam por possuir um salto em formato de cuna, ou seja, visto de lado é uma espécie de triângulo. Em geral trata-se de um tipo de salto de altura média a alta, que oferece maior estabilidade a usuária.

Dar preferência por um calçado, seja o modelo que for, com salto anabela como o SEU sapato de noiva pode ser uma boa escolha, pois oferece mais segurança ao caminhar em terrenos mais irregulares.

oficcial

 

Dá só uma olhada nesta curadoria especial:

Slide1

  1. Sandália com salto anabela, de altura média, gáspea multi tiras com aplicações, parte traseira aberta com tira, amarrações estilo lace up, em material acamurçado na cor bege rosado, da Schutz.
  2. Sandália com salto anabela alto, gáspea com única tira de largura média, parte traseira fechada e fechamento do tipo tornozeleira com fivela, em material sintético com acabamento envernizado em bege, da Santa Lolla na Zattini.
  3. Sandália com salto anabela alto, gáspea com recorte tipo borboleta, deixando apenas alguns dedos aparentes, parte traseira com tira, deixando calcanhar à mostra e fechamento de tira com fivela na parte do peito do pé, em couro com acabamento metalizado, da Schutz.
  4. Peep toe com salto anabela alto, cabedal com gáspea de tiras entrecruzadas, em couro na cor nude, da Cavage.

Modelos com salto anabela são uma boa alternativa para noivas que não querem abrir mão de usar salto no seu casamento, mas que não se sentem tão confiantes com saltos finos, por exemplo. Na hora de comprar um modelo anabela como o SEU calçado de noiva a dica é: observar cuidadosamente o tipo de acabamento, pois é importante você buscar por aqueles mais delicados, que de alguma forma “converse” com o restante da sua produção. Acabamentos acamurçados ou em tecidos tendem a trazer isso mais facilmente, porém há propostas incríveis também em verniz que adicionam este toque mais sofisticado.

E minha última dica é aquela clássica, de sempre: cuidado na hora de escolher um calçado novo. Experimente muito antes do dia “oficial”, faça testes em casa, caminhe com ele, observe como seu pé e o calçado se comportam entre si, veja se irá machucar em alguma parte do seu pé e caso isso ocorra, se prepare antes, tome as devidas precauções para que no dia do seu casamento você se sinta confortável e segura ao usá-lo!

Mule de atitude!

Você já deve ter percebido como as mules estão em alta, né?! E por isso mesmo, a inspiração para você construir seu look de sábado é optar por este calçado tão cheio de atitude, mas principalmente por conta de um salto que promete ser ainda mais tendência, nesta temporada outono/inverno.

mulecone

Esta mule possui cabedal na cor preta, em material envernizado, de bico fino e com salto cone médio. Trata-se de um salto que também é chamado por muitos de cubano, este se caracteriza por ter um design bastante marcante em formato de “casquinha de sorvete” e justamente por este fato revela ao look todo um efeito especial, dando muito mais autenticidade para quem os usa.

Na hora de compor a produção é importante pensar numa unidade visual que resulte interessante e coerente, para não ficar over, por ser um calçado bastante impactante e de acabamento envernizado. Busque montar opções com um toque mais minimalista e clean, deixando o ponto focal nos pés e o restante em uma comunicação mais harmônica.

Ah… em breve terá post de modelos disponíveis com este salto. Aguarde!

Slingback V Cut

O slingback é um tipo de calçado que já existe há muito tempo, mas tinha ficado um pouco esquecido por aí, considerado por muita gente como “calçado de vovózinha”. Entretanto, já há algumas temporadas, tem reaparecido e ano passado parece ter caído novamente no gosto da mulherada, naquela versão bem clássica estilo chanel, aberto atrás e fechado na frente, por isso o slingback também é chamado de sapato tipo chanel.

Porém, nesta temporada outono/inverno 2018 o slingback vem em uma nova proposta, todo remodelado, com cabedal diferenciado, menos recortado e decote em “V”.

BeFunkyCollage

Dá uma olhada nas inspirações:

Slide1

  1. Slingback V Cut preto, em couro, de salto alto fino, cabedal de bico fino com decote V, da Schutz.
  2. Slingback V Cut branco, em acabamento envernizado, salto fino baixo tipo kitten heel e cabedal de bico fino com decote V, da Cecconello.
  3. Slingback V Cut em nude rosado, de couro, salto médio grosso revestido e cabedal de bico fino com decote V, da Dumond na Zattini.
  4. Slingback V Cut vermelho red fever, de acabamento nobuck, de salto grosso alto revestido e cabedal de bico fino com decote V, da Arezzo.

 

O slingback V cut é um calçado que sai do óbvio, dando uma identidade mais minimalista às produções do dia a dia, não é aquela modelagem de calçado para momentos mais formais. Pode ser um ótimo artifício para destacar de maneira moderna e fashionista, transformando o look por completo.

Bota com Biqueira à la Chanel

Não faz muito tempo falei aqui da tendência das botas brancas, lembra?! Pois bem, o tema de hoje pode ser classificado com uma derivação daquelas, isso porque trata-se de botas brancas ou claras, que ganham a adição de um detalhe sutil, de biqueiras, que acabam por transformar completamente a aparência em si do calçado e o look.

BeFunkyCollage

A bota com biqueira à la Chanel como o próprio nome diz, faz referência aos clássicos calçados da marca com cabedal redondo e biqueira de cor contrastante, tradicionalmente branco e preto, que dão um estilo muito próprio e famoso à produção.

Dá uma olhada nas inspirações:

Slide1

  1. Bota de cano curto branca, biqueira preta com acabamento em verniz e salto grosso médio revestido de branco, da Arezzo.
  2. Bota de cano curto branca, biqueira preta com acabamento de verniz e salto grosso alto preto envernizado, da Cecconello.
  3. Bota de cano médio nude, em couro strech, biqueira preta envernizada e salto médio grosso revestido em nude, da Cavage.
  4. Bota de cano alto bege, em couro com acabamento de camurça, biqueira preta com acabamento fosco e salto alto grosso preto, da Capodarte na Zattini.

Este tipo de bota acrescenta uma identidade muito peculiar à qualquer produção, com um perfume meio belle époque, revelando assim, um look bastante feminino, com informação de moda e com referências de personalidade.

 

Bota de Cano Curto e Salto Grosso Red Fever

Lembra que outro dia falei aqui no blog das sapatilhas red fever? Pois bem, essa é uma cor que esta bombando na composição dos looks nesta temporada outono/inverno, trazendo mais cor e dinamismo. E assim, uma das protagonistas da estação são as botas “vermelhas” de cano curto e salto grosso médio, deixando as produções mais despojadas.

BeFunky Collage

Estas botas de cano curto e salto grosso aparecem em diversos tipos de acabamentos, desde os tradicionais couro e camurça, chegando até os envernizados e aveludados. .

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide1

  1. Bota red fever, em material sintético, de salto médio grosso, cabedal de bico arredondado e cano curto, da Griffe na Zattini.
  2. Bota red fever, em acabamento envernizado, de salto médio grosso, cabedal de bico arredondado e cano curto, da Loucos e Santos.
  3. Bota red fever de couro, de salto médio grosso, cabedal de bico fino e cano curto, da Dumond na Zattini.
  4. Bota red fever de camurça, de salto médio grosso, cabedal de bico redondo e cano curto, da Capodarte na Zattini.

É comum no inverno termos a tendência de montar a produção em tons mais sóbrios, mas as botas red fever estão aí pra isso, para você desconstruir os looks óbvios, colocar cor e assim, criar produções com ares mais exclusivos e com ponto focal para os pés. Arrisque-se!

Sock Boots

O outono nem bem começou no país, e na região sul, os dias tem alternado bastante de temperatura, mas já temos tido dias mais frios, tanto é que outro dia já tivemos a presença na friagem por aqui e isso implica em montar produções mais quentinhas.

A partir do momento em que começamos a perceber os dias mais gelados e provavelmente, mais úmidos, por causa das chuvas, um dos calçados coringa são as botas, que a cada estação vem com mais opções, cheias de estilo e identidade, para todos os gostos.

BeFunkyCollagelookmeias

O tema é a sock boot é um modelo de bota de cano médio para baixo que tem cara de meia. Na verdade, a ideia é essa mesma, parecer que você vestiu uma meia por cima da bota, isso tudo cria um outfit com mais atitude e presença.

Vem ver alguns modelos:

Slide1

 

  1. Sock boot preta de tricot em material sintético, cabedal de bico fino, de cano médio/baixo e salto alto fino, da Colcci na Zattini.
  2. Sock boot red fever em malha com detalhes trabalhados, em material sintético, cabedal de bico fino, cano médio/baixo e salto alto fino, da Tanara na Zattini.
  3. Sock boot em malha mescla em tom acinzentado, cabedal de bico fino, cano curto e salto grosso médio, da Santa Lolla na Zattini. 
  4. Sock boot vermelha canelada, em material sintético, cabedal de bico arredondado, cano médio e salto grosso médio, da Dakota na Zattini.
  5. Sock boot preta em material esportivo, cabedal de bico fino, cano curto/médio, detalhe traseiro e salto alto grosso em acabamento verniz, da Jorge Bischoff na Zattini.

O grande diferencial deste modelo de bota é que oferece a possibilidade de sair do look comum de inverno, muito óbvio, sóbrio e sem graça. Mas, sim destacar a produção com mais presença e autenticidade.

Por outro lado, acho importante destacar que na hora que você for experimentar este tipo de calçado, observe se é bem estruturado na parte interna, dê preferência para os modelos mais “durinhos” por dentro, pois se isso não ocorrer e o salto for alto é fácil você ter dificuldade ao se equilibrar e até propiciar uma virada de pé. Pense nisso!

Sandália lace up com salto grosso

Os calçados lace up viraram queridinho da mulherada e sinônimo de estilo nos looks, assim, agora nesta temporada primavera/verão os modelos lace up, ou seja, de amarrações ganharam também a versão em sandálias, que desta vez surgem em saltos grossos de médio a altos.

Slide1

Dá só uma espiadinha nas inspirações:

Slide2

 

  1. Sandália lace up marrom avermelhado com tiras tipo cordão, parte traseira fechada com zíper, passantes e salto grosso alto de camurça, da Uza na Zattini.
  2. Sandália lace up preta, tiras em material sintético e acabamento acamurçado, amarração frontal e salto alto grosso, da Via Marte na Zattini.
  3. Sandália lace up nude areia, palmilha interna e salto alto médio grosso revestidos por material acamurçado, passantes laterais franjados com aplicações de rebites douradas, cordão com terminação em barbicachos e parte traseira fechada, da Tatiane Moreira na Zattini.
  4. Sandália lace up caramelo em couro e acabamento nobuck, salto médio grosso, cabedal com recortes frontais por onde passa o cordão e parte traseira aberta, da Jorge Alex na Zattini.

As sandálias lace up adicionam uma informação boho à produção, deixando o look menos formal, mais descolado e com movimento por conta dos cordões. Na hora de coordenar as peças vale misturar com elementos mais básicos; como saia com camisa, peças de alfaiataria, maxi coletes, vestidos minimalistas de design clean, bolsas boho com franjas, etc.

Calçados de Casamento: Peep Toe – Curadoria Especial

O peep toe é um modelo de calçado muito semelhante ao scarpin no quesito modelagem, mudando apenas pela abertura frontal, que deixa dois ou três dedos à mostra. Mas, sua característica principal é o estilo que conversa muio bem com vestidos com uma pegada mais de época, meio retrô, sabe?!

BeFunkyCollage

Por isso, se você como noiva quer uma produção com este “perfuminho”, o peep toe é uma boa opção. Vale falar também que é um calçado que oferece mais segurança ao caminhar, se comparado com sandálias muito abertas e estão disponíveis normalmente em versões de saltos de médio para alto e não tão finos.

Dá uma olhadinha na minha curadoria especial! Aqui tem algumas opções:

Slide1

  1. Peep toe na cor nude, com cabedal de design clássico em couro liso, de salto alto fino e solado antiderrapante, da Jorge Bischoff na Zattini.
  2. Peep toe de cabedal em tecido dourado, com meia pata embutida e salto médio e fino, da Carolina Martori na Zattini.
  3. Peep toe com cabedal revestido de cetim vermelho, detalhe de laço estruturado e salto de altura média fino, da Shoestock na Zattini.
  4. Peep toe azul em material sintético acamurçado, de design clássico e salto alto fino, da Santa Lolla na Zattini.

O peep toe pode ser uma ótima maneira de adicionar mais originalidade na produção de noiva, especialmente em modelos coloridos que darão mais destaque. Por outro lado, para noivas que desejam um look mais tradicional, os modelos brancos e/ou mais sóbrios são opções seguras, já que ficam entre um scarpin e uma sandália.

Vale lembrar que é importante a noiva ter bem claro o terreno em que irá ter que andar, o quanto está habituada a usar calçados de salto, seja ele qual for, o quanto se sente segura e confortável com este modelo.

 

Sandália Knot

Já notou como as amarrações e nós estão em alta ultimamente?Pois é, seja em detalhes em camisetas e camisas, acessórios como brincos e colares e, naturalmente, nos calçados tem aparecido bastante nas produções por aí.

Não faz muito tempo falei das sandálias de nózinhos que estão super na moda, assim hoje é a vez de falar de outra tendência envolvendo nó, que são as sandálias knot. Entretanto há diferenças visíveis no tipo de sandália, se compararmos com a de nózinho, ou seja, muito embora os dois tipos de calçados tenham nós, eles são bem diferentes.

A sandália knot pode ser encontrada de duas maneiras: gáspea com multi tiras e na parte central com um nó torcido ou então, com gáspea em duas tiras entrecruzadas (em formato “X”) e na parte central com um nó robusto. Este tipo de calçado pode ser encontrado com variados tipos de saltos e alturas, há modelos rasteiros e anabelas também.

Slide1

Dá só uma espiadinha nas opções:

Slide2

 

 

  1. Sandália knot dourada em material sintético, de salto alto robusto arredondado com cerca de 8 cm, gáspea entrecruzada com nó torcido na parte central, parte traseira aberta deixando o calcanhar aparente, tira traseira de fechamento tipo tornozeleira com fivela pequena e dourada, da Dumond na Zattini.
  2. Sandália knot em grafite metalizado, de material sintético, salto fino médio, gáspea em multi tiras com nó na parte central, parte traseira fechada e fechamento tipo tornozeleira com fivela prata, da Santa Lolla na Zattini.
  3. Sandália knot preta em couro, salto do tipo vírgula de altura média, gáspea entrecruzada com torção na parte central, traseira fechada com tornozeleira ajustável e fivela dourada para fechamento, da Shoestock na Zattini.
  4. Sandália knot na cor vermelha, em material sintético acamurçado, salto alto grosso, gáspea de multi tiras com nó na parte central, parte traseira fechada e tornozeleira ajustável com fivela dourada, da Zatz na Zattini.

A sandália knot é uma boa opção para o verão pelo fato de ter sua gáspea mais aberta, deixando assim, o pé mais exposto. Trata-se de um modelo de calçado que transmite uma imagem mais informal e despojada, ideal para quem é fã de estilos como boho e hippie chic, e o nó (knot) trazem à produção pitadas de algo mais artesanal.