Modelo tipo Chanel

Um dos modelos de calçado que promete ser tendência nesta próxima temporada primavera/verão 2018 é o chanel, este caracteriza-se por possuir a parte da frente fechada, parte traseira com uma tira no calcanhar e uma abertura lateral, deixando a modelagem bem primaveril.

O chanel é assim chamado por ter ficado famoso pelo clássico modelo bicolor, criando pela maison francesa de mesmo nome, que com o passar do tempo se popularizou tanto que acabou dando nome a este tipo de calçado.

Slide1

Dá uma olhada nas inspirações:

Slide2

  1. Modelo tipo chanel de cabedal e salto médio grosso na cor gebe rosado e biqueira preta ligeiramente brilhante, da Amaro.
  2. Modelo tipo chanel de salto médio grosso preto envernizado, cabedal branco fosco e biqueira preta envernizada, da Anzetutto.
  3. Modelo tipo chanel de alto médio grosso e cabedal branco fosco e biqueira preta brilhante, da Carrano.
  4. Modelo tipo chanel de salto quadrado grosso e cabedal branco fosco e biqueira preta em textura croco, da Cavage.

Este modelo de calçado é na verdade uma variação do scarpin, porém com um salto mais confortável e é uma boa opção para looks mais meia estação, para que dar um toque mais forte de um ar clássico e elegante à produção.

Coturno de salto alto

Quando a marca Louis Vuitton apareceu na semana de moda de Paris com um coturno de salto alto, solado tratorado e acabamento envernizado muita gente torceu o nariz, achou o modelo de calçado muito pesado para ser coordenado com outras peças mais casuais.

Mas, o tempo passou e as marcas assumiram este estilo como uma boa tendência para este outono/inverno, trazendo um calçado impactante, cheio de atitude, estilo e conforto, já que os saltos não são tão altos e grossos.

Slide1

Dá só uma olhadinha, nas inspirações:

Slide2

1. Coturno envernizado de solado tratorado grosso, de salto alto, cano médio, bico arredondado, ilhós prateado e cadarços pretos, da Bottero.

2. Coturno envernizado de solado tratorado leve, salto de médio para baixo, cano médio, ilhós prateado, cadarços pretos e bico redondo, da Love Shoes na Dafiti.

3. Coturno envernizado, salto alto grosso, solado tratorado leve, bico redondo, ilhós prateado e cadarços pretos mesclados, da Tanara.

 

O diferencial desta modelagem é, de fato, produzir uma efeito que sai do óbvio na coordenação da produção. Ou seja, um look com uma pegada mais glam por exemplo, ganha um outro olhar se acrescido deste tipo de coturno. Vale se arriscar, né?!

Sandália de salto médio com texturas

Já deram uma olhada no quanto de tipos diferentes de sandálias que tem por aí ultimamente?! Pois é, são infinitos modelos, para os mais diversos gostos.

Um deles é um tipo de sandália super confortável e elegante, dá um ar mais “classudo” aos looks. São as sandálias de salto médio grossos, o que já é uma grande vantagem, pois dá mais estabilidade e consequentemente mais anatômico aos pés.
Estas sandálias permitem montar produções muito elegantes, ideais para o trabalho, sem perder o charme. Mas, o pulo do gato nestes modelos de calçados está no diferencial dos saltos, sempre com um trabalhado de textura que dá uma cara mais moderna e antenada.
Veja as inspirações:

1.Modelo preto com palmilha envernizada, salto preto, tira frontal branca, com detalhe de ferragens dourada, com transpassado em croco e tira traseira preta, da Anzetutto.

2. Modelo preto, com salto preto e detalhe croco branco, cabedal que perpassa todo o peito do pé, cobrindo parte dele, deixando os dedos à mostra, chegando até a tira de fechamento lateral com uma fivela grande, da Biondini.

3. Modelo caramelo, com salto com textura croco colorida, palmilha caramelo, tira frontal caramelo, tira média acompanhando a textura croco com debruns caramelo e tira traseira com pequena fivela, da Tabita.

4. Modelo nude, salto com textura que lembra um pouco corta, com motivos geométricos, tiras frontais entrecruzadas brancas, dando assim certo contraste e fechamento de tornozeleira, da Stéphanie Classic.

5. Modelo areia, salto areia e dourado, palmilha envernizada, 3 tiras frontais cada uma com texturas diferentes, traseira fechada e fechamento de tornozeleira, da Di Cristalli.

Em geral os modelos possuem uma pegada mais básicas, para mulheres que gostam do estilo mais tradicional, que privilegiam o clássico. Mas justamente por serem tão clássicas, é possível montar produções tão acertadas e com uma enorme possibilidade.

Botas de cano curto com franjas

O tema de hoje são as botas de cano curto com franjas, ideias para serem usadas por fora da calça, com saias ou vestidos, com uma pegada meio hippie chic, boho e folk. Dão a temática bem invernal, de meia calça ou sem, deixam a produção com movimento.

Inspirações:

1.  Bota de cano médio, marrom avermelhada, cabedal de bico fino, salto médio e grosso, com três camadas de franjas, da Bottero.

2. Bota de cano curto, cabedal de bico ligeiramente afunilado, salto baixo, marrom acamurçado, com uma camada de franjas que começas ao redor do cano, com detalhes de rebites pequenos dourados, da Parô.

3. Bota de cano curto marrom caramelo, de salto médio e grosso com detalhe para o acabamento dourado, cabedal de bico arredondado, com uma camada de franjas que saem do início do cano, amarradas por uma cinta que se fecha com uma fivela dourada, da Cravo & Canela.

4. Bota de cano curto, salto médio grosso, cabedal de bico redondo, traseira com textura croco, parte frontal marrom acamurçado, do cano saem duas camadas de franjas, com detalhe para a corrente, da Dakota.

5. Bota de cano curto, salto alto e fino, cabedal de bico fino, no início do cano há uma faixa dourada com recortes à laser, de onde saem as franjas, da Mariotta.

Tem para todos os estilos, com salto mais alto, mais baixo, médio, grosso ou finos, mais discretas ou mais evidentes, os modelos propiciam bons resultados de composições de looks. Arrisque-se em uma produção com uma pegada mais folk!

Botas com Fivelas

Ultimamente tem-se falado muito de botas por aqui, notaram? A questão é: o inverno chegou pra valer e elas são essenciais para manter os pés protegidos do frio e do tempo chatinho desta época. Além de tudo estão incrivelmente versáteis, tem botas para todos os estilos e gostos, deste materiais a tipos de saltos.
As ferragens são detalhes fundamentáveis em um calçado, são responsáveis por dar um  up grade, aquele gran finale, podem mudar completamente o estilo de um calçado, deixando-os mais ou menos delicados, dependendo do tipo e peso visual do calçado.
Portanto, como já se falou bastante das botas, em diversos estilos, hoje o destaque fica por conta das botas de fivelas, que podem não ter nada de diferente se pensarmos nela sem as fivelas, porém com elas ganham uma nova roupagem, um peso maior, sendo super valorizadas e impondo personalidade.

Dá só uma olhada nas inspirações:

1. Bota de cano curto marrom, de salto alto e grosso, bico mais arredondado, com fivelas laterias de diferentes tamanhos, tipos e tons, além de ponteiras e alguns spikes delicados, dando uma aparência meio hippie chic ao calçado, da Jorge Alex na Zattini.

2. Bota de cano curto preta, quase uma ankle boot, de bico e salto finos, cabedal liso e no cano detalhe de fivelas de tamanhos distintos com trabalhados de rebites e pequenos spikes (no site há a versão também em onça) da Carmen Steffens.

3. Bota de cano curto caramelo, em material acamurçado, salto grosso médio, cabedal de bico arredondado, com rebites pequenos em torno do tornozelo, formando uma espécie de cinto de duas voltas e finalizando com uma fivela grande, da Bebecê.

4. Bota de cano curto preta, salto baixo, cabedal de bico arredondado, fechamento de zíper na lateral externa, detalhes para duas tiras de rebites dourados, na parte traseira terminam em fivelas médias, da Luiza Barcelos.

5.  Ankle boot, de salto fino, cabedal preto de bico fino, com amarrações frontais, tiras que transpassam todo o calçado e se intercalam em pequenos taxas douradas e  fivelas médias, da Loucos & Santos.

6. Bota de cano baixo marrom achocolatado, salto baixo, cabedal liso e bico arredondado, no centro do calçado 3 tiras com ponteiras, que se fecham com fivelas médias douradas, da Lily’s Closet na Dafiti.

7. Bota de cano médio, salto fino e alto, cabedal de bico arredondado, preto acamurçado, toda a extensão do cano com tiras que se fecham por fivelas médias/grandes prateadas, da Santa Lolla.

Este tipo de bota é uma opção versátil, mas que impõe pelo peso das ferragens, onde você pode abusar do seu estilo, o importante é você se sentir bem e escolher pelo modelo que mais tenha a ver com você, entre materiais, tipos de bicos e saltos, mas principalmente abusar das fivelas.

Bota com pala dobrada dá um ar despojado ao look

Que bota é a queridinha da mulherada no inverno todo mundo sabe. Não há nada mais providencial em um dia frio ou de chuva para deixar os pés bem quentinhos que este tipo de calçado e também são responsáveis por dar muito estilo ao restante da produção.
As botas de cano curto estão com tudo neste inverno como já falei neste post e aproveitando a deixa então, a dica/inspiração para este sábado é este modelo caramelo de cano curto da Coach.

Ela pode ser usada tanto; completamente fechada, fazendo estilinho cano médio, como também com a pala dobrada na metade, destacando o trabalhado da marca e usada como sendo de cano curto. Casam bem com produções bem invernais, calças jeans e casacos bem quentinhos.