Sandália de laços

A sandália de laços é uma forte tendência nesta temporada primavera/verão, trata-se de um modelo de calçado super feminina, perfeita para aquelas mulheres que adoram uma produção mais girlie e delicada.

MULTILAÇOSOUTFIT (1)

A característica principal deste modelo de calçado é uma releitura mais romântica da clássica sandália de tiras, já que a essência é a mesma, sendo apenas acrescido laços no topo de cada tira. Isto é feito, geralmente, como uma amarração ou laços propriamente ditos e costurados.

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide1

 

  1. Sandália de couro com acabamento metalizado na cor bronze, de salto alto e fino, 3 tiras com laços; tira frontal larga, intermediária fina, tira fina de fechamento tipo tornozeleira com fivela e parte traseira fechada, da Shoestock na Zattini.
  2. Sandália de material têxtil com acabamento acamurçado na cor vermelha, plataforma meia pata e salto alto grosso, tiras frontais com laços, parte traseira fechada com fechamento de tira com detalhe de laço e fivela de fechamento, da Azaléia na Zattini.
  3. Rasteira de material sintético na cor bege, salto bem baixo, com 4 tiras frontais com laços como gáspea e parte traseira aberta, da Via Uno na Zattini.
  4. Sandália rasteira de material sintético com acabamento envernizado na cor bege, solado de pvc sem salto, detalhe frontal de sustentação para o dedo maior, duas tiras finas com laços na parte central dos pés, parte traseira fechada e tira com laço do tipo tornozeleira com fivela para fechamento, da Ana Flor na Zattini.

A sandália de laço, seja o tipo que optar; salto baixo, anabela, salto fino e alto, salto grosso ou modelos rasteiros trazem para a produção um ar mais romântico, sem ser bobinho, já que os laços em geral são discretos.

Na hora de coordenar os looks a clássica imagem girlie de vestido floral e saia midi são produções fácies e sem erro. Mas, também ficam interessantes com peças não tão óbvias como; calças de alfaiataria, shorts e camisas, detalhes boho ou gipsy  que mesclam outros estilos destacam ainda mais identidade e modernidade.

Gosta deste tipo de sandália? Usaria com que peças? Conta aqui nos comentários!

O que dá graça ao look?

Sábado chegou! Você precisa montar uma produção, não se trata de nada muito formal mas você quer dar mais graça ao look? Nestas horas, como sempre falo por aqui, é o momento perfeito de dar mais identidade, apostando num calçado mais original, destacando o look e saindo do comum.

efb590c94e7dfe95e8391afd4b03d4916.jpg

Uma dica é inspirar-se em calçados que mesclem estilos, como é o caso deste modelo, com um design moderno, mas que possui referências retrô, por conta do design do calçado, do bico redondo, a mistura de cores, um ar meio boneca e tudo isso, resulta em um efeito especial ao calçado e à produção.

Na hora de coordenar o look, optar por calças que possuam a barra mais curta dão um efeito interessante e cheio de identidade.

Que tal você usaria? Gosta deste tipo de calçado? Conta aqui nos comentários!

 

Calçados de Casamento: Pregnant Style

Que informações importantes deve-se levar em conta na hora de escolher um calçado para uma noiva gestante?

Assim como o vestido, tudo vai depender de uma série de fatores como:

  • de quanto tempo esta mulher está gravida? Isso porque quanto mais avançada estiver a gestação e portanto a barriga maior, será mais desconfortável para a mulher usar um calçado de salto muito alto e fino, por exemplo.
  • quais são os  hábitos? Ou seja, se esta noiva já está habituada em sua vida a usar salto, talvez não haja grandes problemas, mas é válido ter a percepção sobre como o pé da gestante noiva se comporta, pois há muitas mulheres que os pés incham consideravelmente e portanto, usar um calçado de bico e de salto finos, ou uma sandália com muitas tiras e amarrações não será a melhor escolha.

lookpreg (1).jpg

É claro que a experiência de cada mulher durante a gravidez é única, ou seja, não há regras para dizer se deve-se usar este ou aquele tipo de calçado, até porque deve-se levar em conta também as orientações médicas.

No entanto, é indispensável que esta noiva se sinta confortável e bonita, e o calçado faz  parte de toda a produção, por isso é importante pensar com carinho nele. De forma geral, os saltos de espessura média a grossa e de alturas média a baixa são opções consideradas ideias, pois dão segurança ao caminhar, mas também atendem ao desejo de usar um salto. Porém, outros modelos de calçados sem salto como sapatilhas e sandálias rasteiras também são excelentes opções.

Dá só uma espiadinha nesta curadoria especial aqui:

 

Slide1

  1. D’orsay branco em cetim cristal, gáspea aberta deixando apenas alguns dedos à mostra com acabamento plissado e detalhe de strass de enfeite no centro, parte traseira fechada com acabamento liso e fechamento do tipo tornozeleira, da Spaço Criativo na Zattini.
  2. Sandália nude em material sintético com acabamento acamurçado, gáspea em tiras entrecruzadas, parte traseira fechada e fechamento de tiras para amarração com nó, da Amaro na Zattini.
  3. Sapatilha branca em renda transparente, cabedal de bico com ponteira reforçada internamente que não deixam os dedos aparentes, parte traseira e salto forrado em cetim cristal branco, da Spaço Criativo na Zattini.
  4. Scarpin bege em couro e material sintético com acabamento envernizado, de salto médio grosso, cabedal de bico redondo, parte lateral que é costurada a parte traseira com recorte diferenciado, da Vizzano na Zattini.
  5. Scarpin branco em material sintético com textura croco e acabamento envernizado, cabedal de bico fino, com recortes no decote e detalhe de tira laço, salto baixo tipo kitten heels, da Luiza Barcelos na Zattini.

Tendo como base estes modelos e as modelagens de calçados destacados aqui, é possível observar que há uma grande variedade e que podem atender muito bem as necessidades de uma noiva gestante, pensando tanto no conforto e bem estar como em atender ao desejo de usar um de calçado de salto ou não, mas que combine com a produção e deixe esta noiva incrível.

Sandália básica de salto quadrado baixo

Sabe aquele tipo de sandália que nunca sai de moda? Que todo mundo tem e que vai bem com todos os tipos de looks? Pois bem, a sandália básica é assim, caracterizando-se por ter apenas uma tira frontal, parte traseira fechada com tira e fivela para fechamento.

Nesta temporada primavera/verão a sandália básica apresenta-se com salto quadrado e baixo, o que torna-se uma excelente opção para produções de dias de calor, garantindo muito estilo, versatilidade, feminilidade e acima de tudo conforto.

salto quadrado outfit.jpg

Dá só uma olhada nas inspirações:

selc

  1. Sandália básica de salto quadrado e baixo, em material sintético com acabamento metalizado na cor dourada, gáspea (tira frontal) larga, parte traseira fechada e tira tipo tornozeleira com fivela de fechamento, da Via Uno na Zattini.
  2. Sandália básica de salto quadrado e baixo, em material sintético com acabamento envernizado na cor preta, tira frontal larga e reta, parte traseira fechada e tira do tipo tornozeleira com fivela de fechamento, da Moleca na Zattini.
  3. Sandália básica de salto quadrado e baixo, em material sintético na cor vermelha com acabamento envernizado, tira frontal larga e reta, parte traseira fechada com tira de fechamento larga e fivela, da Drezzup na Zattini.
  4. Sandália básica de salto quadrado e baixo, em material sintético com acabamento em nobuck na cor rosa claro, gáspea larga, parte traseira fechada, tira do tipo tornozeleira com fechamento de fivela e detalhe de filete dourado na lateral do salto, da Bebecê na Zattini.

A grande vantagem desta modelagem de sandália é que justamente por ser um clássico, pode ser coordenado com qualquer tipo de produção sem grandes dificuldades, adiciona também um toque mais fresco aos looks dia a dia, traz conforto e segurança ao caminhar.

Slingback de Salto baixo

Nesta temporada primavera/verão os modelos de calçados conhecidos como slingback ou tipo Chanel permanecem em alta, seguem sendo tendência especialmente com os saltos baixos ou também chamado de kitten heels.

kitten helesslingback.jpg

Esta opção de salto mais baixo é uma boa pedida para looks mais informais, mas que se deseja um toque feminino, com informação de moda e elegante. No entanto, pode ser também uma boa opção para ambientes de trabalho, pois não deixa os pés tão em evidência e pelo fato de ter um discreto salto, não cansa tanto, se comparado a outros tipos de saltos mais altos.

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide1kittenheels.jpg

  1. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote arredondado, fechamento de fivela,  em couro com acabamento nobuck vermelho, da Capodarte na Zattini.
  2. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote arredondado, em couro na cor preta, regulagem de elástico e detalhe lateral de laço, da Dumond na Zattini.
  3. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote em “V”, em material sintético na cor branca, regulagem de elástico nas laterais, da Via Uno na Zattini.
  4. Slingback de salto baixo, cabedal de bico fino e decote arredondado, detalhe da gáspea com efeito drapeado, em material sintético na cor nude, fechamento de fivela, da Shoestock na Zattini.

Os slingbacks sempre dão um ar mais primaveril às produções, destacando um estilo clássico e sofisticado. Na hora de montar os looks com esta proposta em saltos mais baixos é importante mesclar informações, para desconstruir a identidade mais “senhorinha” que muita gente acha que este tipo de salto revela, assim, coordenar peças mais modernas e fashionistas resultará em um look muito mais interessante e autêntico.

Scarpin de salto baixo vermelho envernizado

Nesta temporada outono/inverno os scarpins estão bastante presentes, nas mais diversas cores, acabamentos, saltos e modelagens. Mas, hoje o tema a ser destacado é tendência nesta estação: o scarpin vermelho, de acabamento envernizado e salto baixo e grosso, podendo variar a modelagem do cabedal; entre bico fino ou bico redondo e também, há opções de saltos quadrados e arredondados, porém sempre em versões baixas, revelando assim, mais uma proposta de calçado entre um scarpin e uma sapatilha.

lowheelredoutfit (1)

Dá só uma olhadinha nesta opções:

red

  1. Scarpin vermelho envernizado, cabedal de bico suavemente fino, salto quadrado baixo, da Arezzo.
  2. Scarpin vermelho envernizado, cabedal de bico fino e salto quadrado baixo, da Bebecê na Dafiti.
  3. Scarpin vermelho envernizado, cabedal de bico suavemente fino e salto bloco baixo, da Griffe na Zattini.
  4. Scarpin vermelho envernizado, cabedal de bico fino e salto baixo arredondado, da Drezzup na Zattini.

O grande trunfo do scarpin vermelho envernizado, de salto baixo é ser um ótimo artifício para transformar sua produção de dia a dia, seja ela qual for; uma coordenação de peças com um toque mais esportivo, ou aquele look mais glam em que você quer colocar um ponto focal nos pés, sem ser um saltão. Além da vantagem de ser um calçado que tira do óbvio a produção, acrescentando mais modernidade, informação de moda e um mood mais despojado ao look.

Mule ou scarpin?

Scarpin ou mule? Que tal apostar em um calçado com uma modelagem mais original? A inspiração para você compor seu look de sábado é este modelo de mule, que sugere estar com a parte traseira dobrada, dando assim, uma interpretação mais autêntica.

BeFunky Collage

Sabe aquele look de sábado simples, que você ama, se sente bem e é mega confortável? Mas, que no fim do dia você precisa ou quer parecer mais fashionista? Então, olha só: essa proposta é uma opção interessante e cheia de personalidade, pois o calçado possui um design diferenciado, mais minimalista, com um acabamento metalizado também, já impõe mais presença. Ou seja, aquela produção que durante o dia foi com tênis, poderá ser transformada e ganhará mais “punch” apenas com a mudança de um calçado!

Gostou? Conta aqui e deixa sua opinião, ok?!

 

Decote “V”

Sabe quando um detalhe é o que faz a diferença em todo o look? Pois bem, esse é o caso da inspiração para você compor seu look de sábado!

fd78894d4770cd1397dc22463d317119

Trata-se de uma nova proposta de scarpins, com decote em “V”, menos recortado que a modelagem tradicional, e salto fino baixo. Tudo isso, proporciona ao resultado final da produção mais personalidade. Na hora de coordenar, pense em calças de barra mais curta ou saias que mostrem o detalhe do calçado, resultando em um look moderno e impactante.

Botinhas estilo Coachella – 2ª Edição

Ano passado já tinha feito um post com o mesmo título (eu sei!), falando das botinhas que sempre dão muita identidade aos looks vistos durante este festival, em que a moda é tão importante quanto a música. Por isso, este ano tem a sequência!

BeFunkyCollage2

As produções observadas no Coachella sempre tem uma mistura estilos desde o chapéu, passando pelas peças de roupas até os calçados, tudo isso com pitadas fortemente reconhecidas de boho; por conta das franjas, gipsy com correntes e algo meio western com a presença de fivelas. Entretanto, a grande protagonista destes looks são as botinhas, em geral de cano curto, mas com detalhes que fazem a diferença.

Dá uma olhadinha nas inspirações:

Slide1

  1. Bota preta de couro, de cano curto, com salto grosso e baixo, cabedal de bico redondo e 3 tiras com ponteiras e fivelas prateadas, da Cravo e Canela na Zattini.
  2. Bota cinza em material acamurçado, de cano curto, de salto grosso e baixo, cabedal de bico arredondado com desenhos em hotfix e 3 tiras com fivelas prateadas, da Luiza Barcelos na Zattini.
  3. Bota de couro na cor caramelo escuro, de salto médio grosso, cabedal de bico arredondado, de cano curto dobrado com detalhe de tiras, como se fosse um cinto que passa várias vezes ao redor do cano, com amarrações, hotfix e fivela, da Raphaella Booz na Zattini.
  4. Bota marrom claro, de camurça, de salto médio grosso, cabedal de bico redondo com ponteira desgastada, dando um efeito diferente de coloração, de cano curto e detalhes de 3 tiras desencontradas com fivelas e passantes em ouro velho, da Dumond na Zattini.

Todos este modelos de botinhas são fáceis de serem coordenados em propostas de looks à la Coachella, como não possuem saltos muito altos são confortáveis, práticos em momentos mais despojados e que destacam a produção com muita personalidade e presença.

 

Calçados de Casamento: D’orsay – Curadoria Especial

Depois do scarpin e da sandália, talvez o calçado mais clássico que existe seja o d’orsay. Muita gente acaba confundindo e denominando também de scarpin, entretanto sua principal diferença está na modelagem, que separa gáspea de parte traseira, fazendo com que o calçado seja composto por duas peças, em alguns modelos há a presença de uma tornozeleira ou alguma delicada amarração. Mas, saiba que existe também o semi d’orsay que possui apenas uma das laterais aberta.

Slide1

Pensando nas noivas que buscam uma opção prática e mais acessível, fiz uma curadoria especial com alguns modelos de d’orsay, vem ver:

Slide2

  1. D’orsay clássico dourado, de material sintético e acabamento envernizado, gáspea de fico fino, parte traseira fechada e salto médio fino, da Drezzup na Zattini.
  2. Semi d’orsay nude de couro, cabedal de bico fino em peça única com lateral interna aberta, de salto alto fino, da Santa Lolla na Zattini.
  3. D’orsay dourado rosado, de couro com acabamento acamurçado, gáspea de bico fino com aplicação de pedrarias, parte traseira fechada com tornozeleira e salto tipo kitten heel, da Shoestock na Zattini.
  4. D’orsay vermelho, de couro com acabamento nobuck, gáspea amendoada com recortes ondulados no decote, parte traseira fechada com tornozeleira e salto médio grosso, da Capodarte na Zattini.
  5. D’orsay clássico azul, gáspea de bico fino de acabamento acamurçado, parte traseira fechada com acabamento envernizado e de salto alto fino, da Dumond na Zattini.

Viu só quantas opções interessantes de d’orsay para deixar seu look de noiva ainda mais incrível? Mas, vem cá, vamos conversar mais um pouquinho: é importante destacar que os modelos d’orsay são calçados justos ao pé, por isso quando novos podem provocar algum tipo de lesão nos pés. Esteja atenta a essa possibilidade e previna-se antes do uso “oficial”. Porém, se você tem o pé muito magrinho, saiba que talvez ele saia do pé ao caminhar, assim a melhor coisa é escolher os modelos com tornozeleira, garantindo maior segurança. Outra informação é que pelo fato de ser um calçado de design clássico, os modelos tradicionais, em sua maioria são com saltos fino e alto, portanto pense cuidadosamente no seu desejo e observe se você está habituada a usar este tipo de salto. Por outro lado, eu diria que a maior vantagem do d’orsay é possuir o design clássico, que sai do habitual scarpin, transmitindo assim, um perfume mais sofisticado e original à sua produção de noiva.