Calçados de Casamento: Salomé- Curadoria Especial

Lembra que há um tempinho atrás falei aqui dos modelos salomé como uma possibilidade para calçados de noivas? Pois bem, este é um tipo de calçado que carrega consigo uma “aura” meio de época, proporcionando um toque bem vintage ao look da noiva.

BeFunky-collage (2)

Em termos de modelagem é um calçado super tradicional, de cabedal semelhante ao scarpin, porém com uma espécie de detalhe em “T” na parte superior do pé, inspirado nos clássicos calçados de dança de salão belle époque.

Dá só uma olhada na curadoria especial:

Slide1

  1. Modelo salomé bege em material envernizado, de salto fino e alto, cabedal de fico arredondado, tira em T e fivela de fechamento no tornozelo, da Schutz.
  2. Modelo salomé de couro, bicolor em tons rosados, de salto médio grosso, cabedal de bico redondo, tira em T com recortes na parte traseira, laterais abertas e fechamento de fivela na parte baixa do tornozelo, da Cavage.
  3. Modelo salomé bicolor em nude e branco, de salto médio grosso, cabedal de bico suavemente fino, tira em T laterais abertas e fechamento de fivela na parte baixa do tornozelo, da Tabita.
  4. Modelo salomé prata, de salto baixo grosso, cabedal de bico redondo e tira em T, com laterais abertas e fechamento de fivela na parte baixa do tornozelo, da Picadilly.

A escolha de um modelo salomé como sendo o SEU  calçado de noiva, destacará a produção com muita personalidade, revelando toda uma preocupação estética mais retrô. Uma vantagem desta modelagem de calçado, eu diria, é que normalmente este se apresenta em saltos mais robustos e de médio para baixos, oferecendo mais conforto e segurança ao caminhar. Assim, os salomés podem ser uma feliz escolha em cerimônias que se realizem em terrenos irregulares, como por exemplo gramados.

Naturalmente, vale aquela máxima que sempre destaco aqui, se este calçado for novo, use-o antes para poder saber onde possivelmente irá machucar e assim, você poderá tomar as devidas precauções. E acima de tudo, ninguém melhor que você conhece onde geralmente os calçados novos causam algum tipo de lesão, portanto a dica é: faça com que ambos (tanto seu pé, quanto o calçado novo) se acostumem um com outro.

 

Calçados de Casamento: Meia Pata – Curadoria Especial

Os calçados com meia pata são uma ótima opção para noivas que não abrem mão de usar um salto muito alto como o “SEU” sapato de noiva, já meia pata oferece a usuária mais estabilidade e segurança à usuária ao caminhar, pois há uma compensação entre o salto muito alto e a meia pata, diminuindo assim, consideravelmente a altura real do calçado.

A escolha de um modelo de calçado com meia pata precisa ser analisada cuidadosamente, porque exige maior atenção ao caminhar, não é extremamente confortável em terrenos mais irregulares e poderá cansar mais rapidamente a noiva, em relação a outros modelos de calçado. Por isso, caso você decida se casar com um modelo meia pata, tendo em vista todos esses pontos que citei anteriormente e ainda sim, sua resposta for positiva a isto, significa que já está acostumada a usar salto e que esta opção  de sapato transmitirá um pouco da sua personalidade e estilo.

looks

Algumas inspirações:

Slide1

  1. Modelo estilo d’orsay com meia pata aparente, em material sintético branco, com ponteira aberta e aplicação de flor, parte traseira fechada e salto alto fino, da Vizzano na Zattini.
  2. Modelo estilo d’orsay com meia pata embutida, gáspea aberta em cetim branco com aplicações de glitter, parte traseira fechada com tornozeleira removível e salto alto fino, da Laura Prado na Dafiti.
  3. Modelo de sandália estilo salomé com meia pata aparente, gáspea fechada em “T”, de couro com acabamento metalizado, parte traseira assandalhada deixando os pés presos no calçado, mas aparentes, da Carrano na Zattini.
  4. Modelo de sandália com meia pata aparente, em nude rosado, de couro com acabamento em verniz, com tiras que se cruzam no peito do pé para fechamento lateral com fivelas, parte frontal deixando poucos dedos aparentes e parte traseira fechada, da Luiza Barcelos na Zattini.

Que tal, gostou de algum destes modelos? As opções com meia pata de fato, dão mais imponência à produção de noiva, destacam o look por completo. Mas, vale ressaltar que: é imprescindível você ter um certo domínio ao andar de salto, ou seja, se você não estiver habituada a usar, certamente não irá se sentir confiante. Ainda que use com certa frequência modelos com meia pata, faça um “ensaio” com o “SEU” sapato de noiva, antes da data oficial, certifique-se de cada detalhe, observe algum possível lugar que o calçado poderá causar incômodo, tome as precauções necessárias e aos poucos, irá acostumando seu pé no calçado e vice versa.

Calçados de Casamento: Sandália Salomé – Curadoria Especial

Uma das sandálias mais indicadas para noivas é a modelagem salomé, pois é o tipo de calçado aberto que oferece mais segurança e conforto ao caminhar. Mas, vamos entender melhor isso? O modelo salomé original vem de um calçado fechado, com a parte frontal em “T”, com o tempo as modelagens de calçados foram se mesclando, evoluindo e hoje há este mesmo na versão sandália, deixando os dedos à mostra.

Slide1

Esta curadoria foi cuidadosamente elaborada para tal modelagem de sandália, opções com preços acessíveis e saltos ideais para noivas, vem ver:

Slide2

  1. Sandália salomé dourada em material têxtil, de salto alto fino, gáspea e parte traseira com recortes laterias, tira central “T”, da Shoestock na Zattini.
  2. Sandália salomé nude de material sintético e acabamento de verniz, gáspea trançada, tira central em “T”, parte traseira fechada e salto alto robusto, da Luiza Barcelos na Zattini.
  3. Sandália salomé pink em couro com acabamento de verniz, plataforma amalfi, parte traseira fechada, tira central em “T”, gáspea com duas fendas discretas e salto alto fino, da Jorge Bischoff na Zattini.

As sandálias salomé tem em seu design uma forte referência anos 20, bem belle époque, assim este modelo de calçado pode ser uma boa maneira de deixar a produção da noiva com uma identidade única e bem autêntica.

Kitten Heel

Lembra que há pouco tempo contei rapidamente do kitten heel, no Facebook? Pois bem, como prometido, hoje é a vez de abordar cuidadosamente o tema que promete ser tendência nesta temporada primavera/verão 2018.

O kitten heel é um tipo de salto, que se destaca por ser de altura baixa, não ultrapassando 4,5 cm e ligeiramente curvado para trás. É também chamado de salto gatinha e proporciona às produções uma imagem anos 50.

Nesta próxima temporada primavera/verão promete ser febre nos calçados femininos, nas mais diversas modelagens, scarpins, salomés, d’orsays, sandálias, tipo chanel, mules entre outros.

Slide2

Dá só uma olhada nas inspirações:

Slide1

  1. Modelo de scarpin alaranjado com cabedal de bico fino, em material acamurçado e salto kitten heel, da Arezzo.
  2. Modelo tipo chanel vermelho, com cabedal de bico fino, acabamento envernizado e salto kitten heel, da Schutz.
  3. Modelo tipo boneca, com gáspea de bico fino, parte traseira fechada com tornozeleira de fechamento e fivela, em material acamurçado amarelo e salto kitten heel, da Luiza Barcelos.
  4.  Modelo tipo salomé preta, gáspea de bico fino com tira central em “T”, que sobe até se encontrar com a tornozeleira para fechamento com fivela, com fixação em uma tira presa à parte traseira do calçado, acabamento envernizado e salto kitten heel, da Santa Lolla.

Os modelos de calçados com salto kitten heel, independente da modelagem, podem ser uma boa opção para mulheres altas, mas que queiram usar um salto mais discreto, ou  para quem não esteja tão acostumada a usá-los ou então, para quem tenha alguma dificuldade para usar saltos mais altos. Porém, esteja ciente de que é um salto que achata a silhueta, portanto cuidado ao usar peças que contribuam para isso. A melhor indicação é: ouse no calçado e equilibre com peças mais práticas, do seu dia a dia. E saiba: este é um tipo de calçado que adiciona uma originalidade aos looks, trazendo informação fashionista e cheia de estilo à sua produção.

Calçados de Casamento: Modelos e Modelagens – Salomé

Lembra que semana passada falei aqui que o modelo mary jane era uma variante do scarpin? Pois bem o modelo salomé, tema de hoje, também pode ser considerado uma outra variante de modelagem, é uma outra derivação do modelo clássico de scarpin que com o tempo foi evoluindo e ganhando outra nomenclatura. A grande vantagem disso é que podemos ter mais opções de calçados a nossa disposição!

BeFunkyCollage

O salomé se caracteriza por ser um tipo de calçado com uma tira central no peito do pé, esta tira se junta a uma outra, estilo tornozeleira formando um “T” central, por isso é também chamado de “T-bar”. É um calçado com uma identidade anos 20, com um toque retrô. Originalmente possuía cabedal de bico redondo e salto médio grosso do tipo cone. No entanto, com o tempo, a modelagem foi evoluindo e hoje é possível encontrar modelos de bico fino, quadrado, alguns até aberto deixando poucos dedos aparentes, e quanto aos saltos de alturas e espessuras diferentes.

voBeFunky Collage

Gosta deste modelo e quer optar por ele como o seu calçado de noiva? É uma boa opção para noivas que querem dar um estilo de época ao seu look, possui a vantagem de maior segurança, por conta do detalhe em “T” nos pés, garantindo assim, maior fixação dos pés no sapato. Outro atributo positivo é que muito modelos são bordados com delicados canutilhos e pedrarias costuradas sob o modelos, dando um toque sofisticado e elegante aos modelos.

Independente do seu vestido ser longo, portanto pouco visível ou curto deixando aparente o calçado, ele garante muita elegância e um ar clássico ao mesmo tempo, cheio de identidade à sua produção de casamento. Porém, vale pensar também, se o modelo eleito conversa com a sua identidade e seus hábitos.

Mas, lembre-se: este é um calçado como outro qualquer, exige atenção e cuidado no momento da escolha. Então, experimente bastante antes do dia em que usará, faça com que ele vá se moldando ao seu pé, saiba exatamente onde ele poderá te causar algum tipo de incômodo e previna-se! Para que no dia você possa aproveitar ao máximo, sem ter que se desgastar com algum tipo de lesão que poderá te provocar.

 

 

 

Ponteira metalizada

Gosta de dar um ar mais autêntico e retrô para a sua produção de sábado, porém não deseja deixar datado demais, né?!

b416c3fb36750080ff00f2da836626c7

 

Assim, uma boa sugestão para compor a sua produção é um modelo salomé (como este da foto acima) que possui um perfuminho vintage na modelagem, mas ao mesmo tempo, assume diversas características modernas e cheias de informação de moda como: o uso das cores terrosas e nudes, a brincadeira do cap toe metalizado e o design clássico da modelagem salto fino alto + bico fino.

Salomé Velvet

Você já deve ter percebido o quanto ultimamente tenho falado e mostrado aqui calçados com acabamento de veludo, né?! Pois é, fato é que este é um acabamento que chegou com bastante força nesta temporada, então não tem como não falar e repetir o assunto, mas em diferentes modelos por aqui.

  

  Hoje como é sábado uma sugestão/inspiração para a sua produção é adicionar um perfuminho retrô, um modelo salomé que acrescenta autenticidade e ao mesmo tempo informação de moda com acabamento em veludo azul marinho.

Na hora de montar a produção se arrisque, o clássico vestido ou saia é sucesso garantido, entretanto vale ousar em produções com uma calça jeans mais sequinha e mesclando estilos, enfatizando assim a sua personalidade única.

Inspiração Salomé

Sapatilha é um calçado versátil, que agrada a todos os gostos, mas muitas vezes é normal, sentir a necessidade de sair do padrão, de adicionar à produção uma identidade própria. Uma das opções pode ser abusar de uma modelagem diferente, como por exemplo os modelos salomé, que eram aqueles calçados usados pelas mulheres nos anos 20, com uma carinha de sapato de dança.

Originalmente os modelos salomés, possuíam salto tipo cone de média altura e espessura, cabedal de bico arredondado e tira em formato “T”, o que conferia maior estabilidade aos pés, já que era um modelo muito usado em salões.

Assim, esta modelagem foi trazida para as sapatilhas, com cabedal que atualmente possui diferentes designs (bico fino, arredondado, redondo), dando um ar mais original e os acabamentos darão identidade, fazendo essa mescla de referências, seja em verniz, metalizados, estampas e texturas, sempre deixando um perfuminho ligeiramente retrô.

Humor ou Glamour?

Quer deixar a produção deste sábado com um pouco mais de ousadia e irreverência? Que tal então, adicionar pitadas de humor na produção?

Essa é a proposta de Charlotte Olympia, inspirada nas sandálias de dançarinas, que possui referências bem anos 20, modelagem salomé e ao mesmo tempo acrescenta humor, por conta da sereia representada no dorso dos pés e uma pegada glam com este toque de brilhos por todo o cabedal da sandália.

Interessante, né?! Eu usaria!

E você? Conta aqui!

Bom final de semana!

Que tal um perfuminho anos 20 no look?

Tem algum compromisso especial hoje? E por isso quer dar uma sofisticada na produção?
É claro que opções adequadas não faltarão, são inúmeras, mas uma boa sugestão são sandálias, elas deixam os pés delineados e muito bonitos.
A dica/inspiração para este sábado é este modelo salomé:
 

P

or ter um acabamento glitter, deixam a produção com uma cara mais noite, elegantes e dão aquele up. Além de tudo o design do calçado tem um perfuminho anos 20, por conta dos recortes na modelagem da sandália, super legal para quem gosta de um look vintage. Mas, pode ser usado com um vestido ou produção de modelagem mais moderninha, caem muito bem também.

Aproveite seu fim de semana!