#Girlboss – A série

Sei que a série #Girlboss não é exatamente uma novidade, mas a verdade é que estou para contar minhas impressões por aqui há um tempão. Não falei antes porque estava com uma lista de livros que achava interessante falar por aqui e hoje finalmente, venho contar sobre essa série.

Antes de falar da série, digo que, continuo achando o livro de Sophia Amoruso incrível! É um dos livros mais reflexivos que li nos últimos tempos, isso porque é um livro que faz você, realmente pensar na sua postura diante dos seus desejos, a respeito daquilo que quer tanto realizar. Ou seja, faz com que você pense se, de fato, está fazendo tudo da maneira certa e é de certa forma, uma tapa na cara, do tipo: “levanta a bunda dai e vai! Se joga, se arrisca!”

 

Vamos conversar sobre ângulos diferentes:

POSITIVOS:

  • Trilha sonora: redondinha, adorei todo o tom que ela proporciona à trama, super azeitada e extremamente coerente. Delicioso!
  • Figurino impecável: vale buscar uma percepção diferente à este quisito, pois é ele que serve de pano de fundo, ou seja tem valor riquíssimo. Cada look em que a protagonista aparece é nítido uma menção a diferença entre moda e estilo, assim a proposta é revelar produções impactantes e que impõe a personalidade de Sophia. Já de cara é possível notar isso, quando ela está com um look quase nada, mas que se transforma com a coordenação de uma bota tipo coturno, super pesada e autêntica. Vale estar atenta e notar todas as produções!

 

NEGATIVOS:

  • História em si: tem momentos que não parecem contar a história de criação da marca, acaba ficando monótono e por vezes, até um pouco bobo, deixando a série quase óbvia.
  • Personalidade da protagonista: sei que talvez seja polêmico comentar isso, porém faz parte pensar o seguinte: durante a criação e desenvolvimento desta série, li várias vezes que Sophia acompanhou o processo. Pois muito bem, no entanto, ao assistir a série, a protagonista passa uma imagem de pessoa intratável. Ai me pego pensando, será que a criadora da NASTY GAL  não se importa com isso? Será que ela é assim? Ou se vê desta maneira?
  • Empreendedorismo: esperava mais sobre a exploração do tema, achei que foi pouquíssimo abordado.

 

Não tiro em absolutamente nada minhas opiniões e impressões sobre o livro, mesmo depois de ter visto a série. Mas, penso que será muito mais proveitoso para se ter um aprendizado a respeito de empreendedorismo se você ler o livro. Por isso, leia #Girlboss!

 

100 Anos de Moda

Quer um livro para ter como fonte de apoio e inspiração? Uma boa dica é “100 Anos de Moda“, produzido em português pela Publifolha.

100 Anos de Moda” não se trata de um livro para ser lido de uma vez só, mas sim um excelente material de apoio para que estudantes e profissionais da moda terem sempre por perto. Destacando a história da moda no século XX, desde a influência das vanguardas artísticas e a entrada das mulheres no mercado de trabalho até os movimentos de grupos urbanos como criadores de tendências e a liberdade de estilo dos dias atuais. Estilistas clássicos como Coco Chanel, Jeanne Lanvin, Cristobal Balenciaga e Christian Dior estão reunidos aqui. A obra também traz o trabalho de designers contemporâneos como Karl Lagerfeld, Alexander McQueen e Marc Jacobs.

Pesquisando por aí encontrei mais barato na Livraria Saraiva. O livro tem cerca de 400 páginas, com textos de fácil compreensão e imagens de ótima qualidade. Mesmo para quem se interessa especialmente por calçados é possível tirar excelente proveito e ter uma ideia generalizada sobre estilos e história da moda. Vale a pena!

A Moda

A indicação de leitura de hoje é “A MODA“, escrito pela brasileira Erika Palomino, publicado pela Publifolha. Não se trata exatamente de um lançamento, muito pelo contrário é um livro que foi escrito já a algum tempo, entretanto é uma leitura fundamental para qualquer pessoa que se interesse minimamente por moda, seja o ramo que for.

Confesso ter lido, este livro em 2008 e achei super interessante, reli anos depois já estudando mais profundamente moda, já trabalhando com calçados e ele sempre faz todo sentido.

Este é um material fundamental para poder compreender mais a respeito do que é a moda no mundo, o universo da alta-costura, do prêt-à-porter ao streetwear, destacando as engrenagens do circuito – Paris, Milão, Londres e Nova York, como tudo foi acontecendo ao longo dos anos, a importância e a realidade do “feito Brasil”, a cadeia têxtil e o ponto de partida das tendências, além de esclarecer os principais conceitos e correntes no estudo da moda.

Pesquisando por ai encontrei mais barato no Amazom por R$16,90. Portanto, não tem desculpa é uma ótima dica para leitura de férias, de fácil compreensão, acrescentará muito em seu repertório, preço incrível e super rápido.

A Marca da Vitória – A Autobiografia do Criador da Nike

A sugestão de leitura é uma ótima pedida para quem gosta de história de marcas, trata-se da autobiografia do criador da Nike chamada “A Marca da Vitória – A Autobiografia do Criador da Nike“, traduzida para o português e de autoria de Phil Knight.

O livro é bastante interessante, chama a atenção para todo o estudo envolvido na produção deste tipo de calçado, publicidade e design. Entretanto o que mais me chamou a atenção ao ler foi a maneira divertida com que Phil descreve toda a história, como foi difícil todo o desenrolar, a história de vida por trás de cada personagem e acima de tudo, o quanto a paixão é fundamental se para trabalhar com a área escolhida.

Pesquisando encontrei por ai, mais barato na Livraria Saraiva . Vale a pena ler!

Casa Versace

Biografias são sempre fontes riquíssimas de informação, ainda mais se você gosta de histórias que tenham como pano de fundo a moda, uma ótima dica é o livro “Casa Versace“, escrito por Deborah Ball, traduzido para o português e produzido pela editora Seoman.

O livro “Casa Versace – Bastidores de uma história de genialidade, assassinato e superação” conta como Gianni Versace junto com sua irmã Donatella, conseguir transformar todo o talento e ambição para criar praticamente sozinho em um  império da moda. A história é toda contada baseando-se em entrevistas com membros da família Versace; com parceiros e rivais de Gianni; modelos internacionais e ícones da indústria da moda. Gianni Versace estava no auge quando foi assassinado em Miami, fato que ocupou as primeiras páginas dos jornais de todo o mundo e a caçada ao assassino virou uma obsessão da mídia. Ball relata vividamente os esforços de Donatella ao assumir o controle da Versace e tentar se colocar à altura da genialidade de Gianni, se livrar das drogas, suas disputas com seu irmão Santo e o mistério de por que Gianni deixou o controle de sua empresa para sua sobrinha, Allegra.

Essa é mais uma daquelas leituras formidáveis, densas, cheias de suspense. Pesquisando por aí, encontrei mais barato na Livraria Cultura . Ficou curioso para saber mais? Clica neste aqui para ler o primeiro capítulo. Uma ótima sugestão de leitura para as férias!

Vita Prada – Personagens, Histórias e Bastidores de Um Fenômeno da Moda

Nessa época de amigos secretos e festividades, se você tiver que dar um presente, uma boa sugestão é o livro “Vita Prada – Personagens, Histórias e Bastidores de Um Fenômeno da Moda“, escrito em português, de autoria de Gian Luigi Paracchini e produzido pela editora Seoman.

O livro destaca toda a história da marca Prada, de fama internacional, que começou como empresa familiar e aos poucos, foi se tornando sinônimo de sucesso nas passarelas de moda, mundo afora. Miuccia Prada e Patrizio Bertelli, são os protagonistas do enredo, ambos chamam a atenção por sua forte personalidades. Outro aspecto bastante interessante, enfatizado na obra é sobre a influência da marca na arte, na arquitetura e no cinema.

Pesquisando por aí encontrei mais barato na Livraria Saraiva, uma ótima sugestão de presente, amantes da moda, irão se encantar! Sucesso garantido no seu presente!

Leia também Casa Gucci!

Meu Coração Coroado – Mestre Espedito Seleiro

Há algum tempo aqui no blog já tinha comentado a respeito do Mestre Espedito, com um trabalho super autoral, cheio de identidade nordestina e que traduz muito da história de vida do sertanejo. Recentemente, a editora Senac lançou o livro “Meu Coração Coroado – Mestre Espedito Seleiro“, escrito em português e de autoria de Eduardo Motta. 

Este livro é um material incrível, cheio de imagens de muita qualidade e que contribui para reforçar o exímio trabalho nos mais diversos artefatos, todos em couro, como móveis, bolsas, peças de roupa e calçados.

Por meio das imagens é possível observar como estes produtos trazem à tona uma identidade indiscutível sobre a vida do sertanejo, através do uso de elementos decorativos e técnicas artesanais. “História gravada a ferro, fogo, punhal e bala por tropeiros, vaqueiros, cangaceiros e ciganos que povoaram o interior do Nordeste.” Um trabalho que ressalta a importância da técnica, que exalta a tradição e inovação pelo olhar criador do mestre.

Pesquisando por aí, encontrei na Livraria Saraiva. Naturalmente não é um livro dos mais baratos, entretanto é um livro que conta a história do ofício de um personagem raro e que reverencia de modo muito bonito as raízes nordestinas e sua identidade, um material difícil de ser encontrado e super válido para quem se interessa por calçados e poderá aprender muito a respeito de técnicas e trabalho em couro.

Comprador de Moda

A dica de hoje é o livro Comprador de Moda“, escrito por Eduardo Ferreira Costa, produzido em português, pela Editora Senac São Paulo .

 

O livro apresenta uma nova demanda, muitas vezes, encontradas em pequenos negócios, de como é a profissão de compradores de moda, ajudando a entender de forma mais clara, a necessidade de planejar e saber fazer as melhores escolhas. Pesquisando por aí, encontrei na Livraria Cultura a versão física.

O Império do Efêmero: A moda e seu destino nas sociedades modernas

Outubro chegando com a corda toda, né?! E que tal começar com uma nova leitura?

Hoje é a vez de falar de “O Império do Efêmero: A moda e seu destino nas sociedades modernas“, escrito por Gilles Lipovetsky, traduzido para o português pela editora Companhia de Bolso.

Um livro clássico para quem estuda moda, com um viés mais antropológico e filosófico. Quando foi lançado pela primeira vez, nos anos 80 causou muita polêmica pela maneira como o autor discute a moda.

É indispensável a leitura para ampliar o olhar de como a moda era vista ao longo de toda a história, como o consumo é associado a ela, o questionamento de como somos seduzidos pelas mídias e muito mais. 

Pesquisei por aí, encontrei na Livraria Cultura por um bom preço. Entretanto, acho importante ressaltar que é um livro para ser lido com calma, pois é questionador e não de compreensão imediata, por vezes até difícil. Mas, acima de tudo nos faz refletir profundamente sobre as engrenagens da moda mundial e sua influência.

Coolhunters: Caçadores de tendências na moda

Você já parou alguma vez para pensar como nascem as tendências? Pois bem, esse é o tema do livro “Coolhunters: Caçadores de tendências na moda“, escrito em português, de autoria de Marta Dominguez Riezu e produzido pela Editora Senac São Paulo.

 

 O livro conta como são “criadas” as tendências, quais cenários são mais observados, seja através da maneira como as pessoas vivem e agem atualmente, como são usadas as tecnologias, quais mecanismos são citados como sendo cultura pop etc. Assim, como estes profissionais, os coolhunters, fazem para encontrar as possíveis tendências e como as empresas percebem essas possibilidades na tradução para as peças para a indústria da moda.

Pesquisando por aí encontrei na Livraria Saraiva. É um livro indicado para qualquer pessoa que esteja estudando ou já atue na área da moda, trata-se de um material bastante importante porque  oferece uma interessante ideia de como é esta profissão.

Vale a leitura!