Para Amantes

Não se trata exatamente de uma hiper novidade, mas para quem realmente é fã do assunto, vale imensamente saber:

 

MET Museum disponibiliza on line um acervo com uma exposição, que aconteceu em 2004, que conta a história, evolução dos calçados, com imagens de alguns modelos super icônicos. É possível saber sobre toda a história, de modelos infantis, masculinos e principalmente femininos.

Para quem adora moda e calçados, vale dar uma olhada, nem que seja só para conhecer, pois lá você vai encontrar muitas informações importantes sobre o tema.

Aprendendo história

Tem muita gente por aí que gosta de saber um pouco mais sobre história dos calçado, uma boa oportunidade é aprender através de imagens.

Os calçados, assim como arquitetura, design e outras áreas possuem imagens super icônicas que nos permite fazer uma analogia com informações que já sabermos sobre história da arte, por exemplo. Por isso, observe a imagem para ter um gostinho sobre a história deste artefato tão emblemático para a moda.

The Shoe – Best Foot Forward

O “The Shoe – Best Foot Forward” é um livro verdadeiramente para aficionados por calçados, produzido pela Carlton Books, foi escrito em inglês e de autoria de Tamsin Blanchard.

O livro destaca que, muitas estatísticas falam que uma mulher possui aproximadamente 20 pares de sapatos e mais da metade nunca são usados, há outras que possuem mais 100 pares.

Os calçados tem um poder extremamente apelativo para as mulheres, como por exemplo em caso que o mesmo par é comprado em diversas cores ou comprar o último par de tênis sem o menor desejo de ir correr.

The Shoe” revela os fatos fascinantes sobre o artesanato por trás da indústria, bem como perfis sobre as marcas de designs cobiçados e icônicos, com texto conciso e mais de 200 imagens coloridas, em cerca de 160 páginas. Ressaltando modelos clássicos que ajudam a definir os estilos de hoje, assim como as últimas tendências, este livro é o sonho de todos os loucos por calçados. Descubra a história dos calcanhares, a variedade de estilos disponíveis e um A-Z de marcas como Manolo Blahnik, Jimmy Choo e Christian Louboutin aos lendários clássicos Ferragamo, Gucci e Prada, aos favoritos da moda como Nicholas Kirkwood, Giuseppe Zanotti e Pierre Hardy.

Pesquisando por aí encontrei mais barato na Livraria Saraiva por R$ 44,90. Trata-se de um livro cheio de imagens de ótima qualidade e para fanáticos sobre o assunto, é um material bastante relevante e com custo benefício muito bom! Vale a pena conhecer!

Museo del Traje de Madrid e sua Biblioteca

Você sabia que muitas bibliotecas mundo afora dispõem de um acervo para pesquisa on line e é gratuito?

O Museo del Traje de Madrid possui uma biblioteca com vários temas, relacionados a moda, com textos e fotos de exposições já ocorridas no local, tudo é bem sucinto e simples.

O caminho é bem simples: basta buscar na barra lateral esquerda do site por biblioteca“, lá você será encaminhada e é só pesquisar o que for do seu desejo. Há também outro caminho, na barra de busca coloquei a palavra “zapatos” e então, aparecem todas as exposições que o museu já recebeu sobre o assunto.

Todo o processo e interação com o site são fáceis, os materiais muito relevantes como exposições de jóias, acessórios, de estilistas como Versace, catálogos anuais do museu e muito mais. Vale a pena visitar!

Não faz muito tempo comentei aqui sobre o MET com possibilidades semelhantes.

História da arte

Que tal aprender um pouquinho de história da arte através dos calçados?

Essa é a proposta do “Shoe in art“, um perfil do Instagram dedicado exclusivamente para as pinturas, ao longo de toda a história da arte, com imagens de sapatos. É fantástico!

Imagens retiradas de @shoeinart

Para você, que assim como eu, é fascinada pelo assunto, a visita é imperdível!

Vale destacar também, que observando as imagens é possível fazer várias conexões com a evolução da moda e o quanto ela é cíclica. Alguns modelos já estiveram em alta, tiveram sua fase de esquecimento e novamente, estão na moda, exemplo disso são as sapatilhas vitorianas (que falei aqui!).

100 Years of Fashion: High Heels

E…para fechar a semana, que tal um vídeo rapidinho que conta os últimos cem anos da história dos calçados?

 

Observe o quanto as modelagens evoluíram e mudaram ao longo dos tempos, tem de tudo, botas, scarpins, ankle boots, d’orsays, sandálias, peep toes, mary janes, salomés e muito mais. É possível também, observar as transformações dos materiais, os detalhes, enfeites, tipos e alturas dos saltos.

O que o futuro espera para os calçados?

O vídeo é delicioso!

Aproveite!!

Catalogue des Chaussures de L’antiquité Égyptienne

Que tal um livro que conta a história dos calçados no Egito antigo? Pois bem, essa é a ideia do “Catalogue des Chaussures de L’antiquité Égyptienne“, escrito em francês, pela restauradora especializada em couro, Véronique Montembault.

O livro destaca a coleção de calçados do Egito antigo do Museu do Louvre, fruto de uma pesquisa com mais de 150 pares, onde é possível analisar vários  fatores do ponto de vista histórico, das civilização, por meio deste artefato tão primitivo e ao mesmo tempo, tão requintado para proteção dos pés. São aproximadamente 3 mil anos de estudos através das sandálias.

Pesquisando por aí, encontrei disponível apenas na Livraria Cultura, sei que não se trata de um livro barato, mas é indispensável, para quem tem interesse pela área calçadista conhecer, são cerca de 260 páginas, com textos em francês e imagens de qualidade impecável. 

Três livros que você não pode deixar de ler!

Começando uma semana mais que especial! Uma semana de comemoração pelos dois anos do blog! E… portanto teremos posts especiais!

Hoje a dica é para quem tem interesse em se aprofundar pelo assunto, por entender melhor o universo fantástico dos calçados, mas ainda não sabe como.

Então, aqui vai uma dica especial: leia, leia e leia muito! Esse é o primeiro grande passo que você deve dar. Isso te ajudará a ampliar seu repertório e aos poucos, com o tempo, poder compreender mais amplamente o assunto.

Talvez, neste momento você esteja, então se perguntando: Pois é, mas por onde começar realmente?

Como acabei de dizer amplie seu espectro de informações lendo! Entretanto, há alguns livros que são essenciais ao tema, para quem quer conhecer mais sobre calçados, são eu diria….”as biblías para calçados”.

É disso que vou falar hoje, é a dica de três livros excelentes e que podem ser seu ponto de partida para te dar uma noção sobre o assunto, sem serem extremamente caros.

Vamos lá então!

Como tudo, é fundamental ter um apanhado histórico sobre o tema, para que você possa saber o que já existe, o que ganhou destaque  e por quais motivos, aprender de fato sobre a história dos calçados. Para isso um livro de linguagem super simplificada, com muitas imagens, com textos dinâmicos e ágeis. O ponta pé inicial para qualquer um deve ser feito com o livro “Sapatos: Uma Festa de de Salto, Sandálias, Botas …“, quer mais detalhes? Clique aqui.

A segunda etapa, tão importante quanto a que citei anteriormente, pensando em uma evolução de seus conhecimentos, é ter um vocabulário técnico, saber inicialmente, em linhas gerais sobre a rotina profissional de um designers de calçados, as etapas, os processos, a construção de uma metodologia de trabalho, inspirações e muito mais. Neste caso, é indispensável a leitura de  “Design de Sapatos“, é quase um manual, sobre o desenvolvimento deste tão amado artefato. Já falei deste livro aqui.

E por último é importante você conhecer o que já existe por aí, do trabalho de designers e marcas de calçados  mundo afora, fazendo com que você perceba estilos, materiais, reconheça a diferença entre o trabalho autoral de designers e o conceito de marcas renomadas. Para isso busque informações em  “Shoes A-Z: Designers, Brands, Manufacturers and Retailers“, este livro irá dar uma noção geral sobre o produto propriamente dito, a história das marcas, materiais e muito mais, tem post comentando aqui.

No mais, seja curioso, pesquise por tudo, você irá encontrar informações preciosas sobre calçados, deste materiais a serem utilizados, técnicas de desenvolvimento, história… Enfim, tudo será importantíssimo para você construir o seu “HD Sapatístico”, de um oficial “Shoeholic”.

Uma excelente semana para todos!

Gostou do post? Ficou em dúvida sobre algo? Comenta aqui vai!

Um tour no Bata Shoe Museum

Soube pela primeira vez do Bata Shoe Museum, que fica no Canadá, enquanto lia “Do Tornozelo Para Baixo“, de Rachelle Bergstein, já falei deste livro aqui. Bem lá no finalzinho do livro ela conta de modo bem humorado, uma viagem que fez para conhecer o Museu.

O Bata possui uma coleção fantástica, um acervo incrível de calçados, tem de tudo um pouco, conta a história dos calçados, modelos históricos, modelos que se tornaram ícones entre tantas outras coisas super interessantes sobre calçados.

Um vídeo acaba complementando o outro, este segundo foi feito por uma brasileira e ela narra de moda bem legal toda o percurso do museu. Vale a pena dar uma olhadinha!

Sapatos é um assunto tão sério de fato, incrível e importante para a história da humanidade que existem museus de calçados por todo o mundo. Neste vídeo é possível ter uma breve ideia de todo o acervo do Bata, destacando o quanto calçados é assunto de museu e deve ser visto por todos.
Uma verdadeira experiência antropológica!

70s Style & Design

Sabe aquela vibe meio dancing days? Pois é, se você é chegado numa era disco, então vai gostar do “70s Style & Design“, o livro em inglês, produzido pela Thames & Hudson, de autoria de Kisty Hislop e Dominic Lutyens.

O livro é produzido sob um cuidadoso e detalhado olhar para esta época, com muitas fotos. Reúne uma série de produtos com estilo e design tão característicos, nele estão presentes móveis, objetos de decoração, aborda ainda, a importância das músicas para aquele momento. Além, é claro, de ressaltar a moda, roupas, calçados e acessórios, tudo muito vibrante, cheio de graça e bom humor.
Pesquisando por aí, encontrei na Livraria Saraiva , trata-se de um produto super elaborado, cheio de fotos e informações de muita qualidade, dai o valor alto. Mas, é um item importantíssimo para quem é  muito fã da época, sobre moda e design para se ter como fonte de pesquisa.