DIY Fluffy

Semana passada falei aqui da tendência fluffy, o quanto as marcas antenadas tem criado modelos super ousados com pelinhos, deixando qualquer look mais impactante e super original.

Pensando nisso, se você gosta de DIY e deste tipo de autenticidade nas suas produções, uma boa sugestão é transformar um modelo de sandália básico em um novo calçado de pelinhos.

  

Você vai precisar de:

  • Cola quente

  • tesoura

  • pluma

  • 1 par de sandália básico

  • fita métrica

Como fazer:

1º) Com a fita métrica meça a extensão da tira da sua sandália.

2º) Corte a pluma com o tamanho da extensão da tira, considerando uma margem de uns 2cm.

3º) Repita isso no outro pé.

4º) Posicione a cola e em seguida, cole a pluma. Em um pé, depois no outro.

5º) Espere secar por algumas horas. Observe, se ficou bem colada. Caso, necessário acrescente com delicadeza, cola nas partes que não colaram.

Tenha em mente que: sua sandália irá se transformar, então saiba que depois de pronta não tem volta, sua sandália vai ficar para sempre com as plumas. Portanto, pense com carinho e atenção, antes de fazer!

Ondinha Fluffy

Não faz muito tempo falei aqui da coleção de chinelos de pelinhos, da Puma criada pela Rihana. Lembra?

Pois é, nessa vibe mais setentinha das coleções outono/inverno, essa coisa do ” não passar discretamente por aí!”, parece estar reinando na moda, ou seja, as marcas investem em modelos clássicos também, entretanto tem muitos modelos de calçados que se destacam por conta da autenticidade.

Assim, essa tendências fluffy, que traz à tona aquela coisa do “fofinho”, que já temos visto por aí em casacos, agora promete causar nos calçados, tirando qualquer possibilidade de ser óbvio, no mais básico dos looks.

A adição de detalhes com pelinhos, seja na parte interna do calçado, como se destacou o modelo de mule da Dolce & Gabbana, como na parte frontal de sandálias como as Alaïa, Steve Maden e chinelos Puma transformam completamente a produção, dando um ar de ousadia.

Que tal usaria? Conta aqui!

Por que precisamos de tanto?

Certamente você já tenha se perguntado sobre isso e verdadeiramente, isso não é uma discussão nova. É uma consequência de uma cultura que vivemos, que parece nos atrair cada vez mais para um número interminável de necessidades irreais.

A realidade é que por mais que, em muitos momentos, sejamos racionais e consigamos nos controlar com gastos, a sociedade consumista grita para que façamos compras. A indústria da moda, relata por um lado, que temos que pensar mais e mais sobre o assunto, mudar paradigmas de consumo e produção.

Lembro de ter lido em algum lugar um artigo que falava justamente sobre isso, do que levava as grandes redes mundiais de lojas a terem praticamente todos os dias novidades em suas lojas. Claro que, é super interessante e muito atrativo, mas ao mesmo tempo isso tudo produz uma reação em cadeia e um efeito nocivo para um ciclo de consumo que cada vez exige mais e mais da saúde do planeta.

 

É preciso pensar em um consumo consciente, que peça menos, que faça com que as pessoas aprendam e se esforcem para viver com menos, exaltando om a velha máxima que aprendi com a Bauhaus, de Sullivan “menos é mais”.

Assim tudo isso me faz refletir que, mesmo gostando tanto de calçados é importante discutir, aliás é imprescindível falar mais sobre um consumo consciente e claro. Isso não significa não ter calçados, mas sim buscar por produtos de qualidade, que você tenha como se certificar que são de qualidade, que futuramente descartados irão se decompor naturalmente e que vão agredir menos o meio ambiente.

Vale falar da era dos acúmulos, que ninguém precisa de muito e que ter menos calçados irá lhe trazer benefícios como: ter mais espaço em seu armário, você irá economizar (gastando menos!) e acima de tudo, exercite sua criatividade, é possível montar produções incríveis com poucos calçados.

Na hora de comprar, aprenda a escolher pelo melhor, o que lhe trará melhor custo/benefício, invista em modelagens clássicas, cores e materiais coringas. E… gosta de sapatilhas por exemplo? Invista em modelagens!

É possível fazer milagres com pouco e ter resultados fabulosos, afinal para que mais que um chinelo, uma sandália, sapatilhas e um scarpin?

Independente de qual seja o seu estilo preferido, seja preppy, glam, boyish, boho você sabe qual o tipo de calçado que mais usa, então faça uma analise, pense nisso e faça compras acertadas e extremamente usáveis.

Slide Specchio

Nestes últimos dias do ano, muita gente já está em clima de férias e busca produções mais leves e frescas. Uma boa escolha são as sandálias tipo slide specchio, que estão super em alta, fazem referência a um tipo de chinelo clássico dos anos 1980. Mas, desta vez,  foi remodelado com um design e acabamentos specchio, que dá a ideia de espelhado e ultra moderno.

O slide se destaca por ser um calçado de construção simples, se resumindo a apenas um solado branco e gáspea de material metalizada chamado specchio.

Dá só uma olhada nas inspirações:

1. Slide de solado branco liso e gáspea specchio, da Anacapri.

2. Slide de solado ligeiramente tratorado, gáspea specchio e detalhe para o par, com uma estampa central de cílios e o outro pé de olho aberto, da Fiever.

3. Slide de solado emborrachado branco, acabamento de vivo tipo corda e gáspea specchio, da Equipage na Dafiti.

4. Slide de solado tratorado e gáspea specchio, da Brenda Lee na Passarela.

O acabamento metalizado vem se confirmando cada vez mais como uma tendência, que preenche os looks com muita originalidade, assim produções que já são a cara do verão ganham ainda mais estilo com os slides specchio metalizados.

Dia de ficar em casa!

Curitiba é realmente completamente instável, num dia você acorda num calor que só dá vontade de desfilar por ai com um belo chinelão e outros você acorda num frio que nada mais delicioso que ficar de pantufa.

Pra muita gente, domingo é um dia mais doméstico, de colocar em dia todos os episódios daquela série preferia, fazer um day spa ou ficar em casa tranquila só curtindo o tempo passar…

Então que tal aproveitar esse domingo apenas pra recarregar as baterias?

É nessas horas que uma pantufa fofíssima poderá entrar em ação e deixar seu look confy, ainda mais fofinho. Uma maravilha, não é mesmo?

Aproveite seu dia!!

Crônica de um sapato anunciado

Recentemente passamos pela mundialmente famosa Black Friday, que rapidamente foi apelidada de Black Fraude aqui no Brasil, o que me fez pensar que poderia ser uma boa oportunidade de discutir o assunto, por um outro ângulo além da ousadia de muitas empresas, site, marcas e afins quererem ludibriar o consumidor.

É incrível ver como brilham os olhos de qualquer pessoa, a possibilidade de poder fazer uma barganha e pagar mais barato seja o produto que for, do imprescindível celular de última geração, passando pela máquina de cupcakes que sempre vai ficar lá tomando pó num cantinho esquecido, que raramente você vai se lembrar de usar, a não ser em um primeiro momento de empolgação da nova aquisição, chegando ao esmalte com microesferas de diamante que irão deixar suas unhas impecáveis e aquele par de calçados à la Cinderela, que irá mudar sua vida.

São nestes dias que muita gente por aí, põe seu orçamento a perigo, se endivida e na realidade, muito pouco provável fosse necessária a compra. Não é verdade?

É um tal de baixar app de tudo quanto é lugar, para fazer comparações de preços, qualidades, produtos e por aí vai…

 

E então, quando o foco são os calçados  nasce uma nova discussão: “crônica de um sapato anunciado“, já que para muitas pessoas (homens -sim!- e mulheres) um calçado em oferta é algo profundamente sedutor, que beira o irracional.

Naturalmente, calçados são peças fundamentais em nosso guarda roupas, precisamos deles para resguardar a saúde dos nossos pés.

A sedução das promoções de calçados é uma verdadeira quimera, faz muita gente por aí perder a cabeça. E… infelizmente, fazer más escolhas.

Em momentos de insanidade como esses de liquidações parece que brota uma sementinha dentro de muita gente que; se não adquirir tal modelo será o fim do mundo, mas após comprado se dar conta de que aquilo é algo de baixíssima qualidade, portanto se desintegrará com pouco tempo de uso, assim até que ponto isso foi barato? Ou… é feio, tão desajustável à combinações e assim, nada se coordena. Ou você é uma pessoa que em seu ambiente de trabalho só pode usar peças formais e é uma sedentária convicta, compra aquele tênis de última geração e ele ficará lá – no armário- criando teias de aranha. Deste modo, a recíproca também é verdadeira, porque se sua rotina pede calçados baixos e você compra um modelo belíssimo e altíssimo, que praticamente pede uma escada Magirus para caminhar e ele ficará lá, criando mofo e sem a menor função, por conta da sua impossibilidade de uso, anti conforto e nada funcional para o seu estilo de vida.

Y así pasan los días…

Cinco chinelos para dar de presente!

Nessa época todo mundo começa a pensar em férias e muita gente, acaba indo curtir os dias de folga na praia. Mas, mesmo quem não esteja por lá, o principal calçado usado em dias mais relax inegavelmente são os chinelos, não é mesmo?!

Geralmente em dezembro surgem amigos secretos ou você apenas deseja dar um presente para alguém querido e se estamos no verão à todo vapor, por que não dar um chinelo? É uma ótima pedida! Hoje temos disponíveis os mais diversos tipos, estilos de chinelos, e o melhor: para todos os bolsos. Pensando nisso, que tal 5 sugestões chinelos de presentes?

 1. Chinelo de dedo com aplique de asas nas tiras e palmilha com estampa de pássaros em tons rosados, da Ipanema.

2. Chinelo de dedo, palmilha com estampas de óculos e tiras lilás, o grande trunfo dele é que se exposto ao sol muda de cor, da Havaianas.

3. Chinelo tipo slide, de duas tiras, palmilha interna e tiras em bege e solado preto, fazendo assim uma composição bem minimalista, da Melissa.

4. Chinelo slide, com palmilha e solado roxos e gáspea com estampa floral, da Nike.

5. Chinelo slide, com palmilha e solado branco  e gáspea metalizada larga, da Anacapri.

O mais interessante é pensar que, raramente, não se use chinelo seja para a função que for (usar em casa, na praia, na fazenda, na piscina), ele é sinônimo de verão e descontração. Então podemos considerar como uma unanimidade no quesito “presente de verão” e com preços bem amigos, tem desde 28 até 150 reais, em modelos mais sofisticados e de marca. Mas, de 28 até uns 50 reais é possível achar opções bem bacanas.

Chinelo de pelinho?

Não faz muito tempo a contora Rihana lançou uma coleção em parceria com a marca esportiva Puma, que causou muito burburinho por aí, tudo isso principalmente, por conta dos modelos de chinelos slides com gáspea peluciada.

 

Algumas marcas brasileiras antenadas, apostaram na proposta que promete virar febre e já estão à disposição alguns modelos semelhantes, porém mais acessíveis.

As produções com estes chinelos já estão em alta e assim acabaram, sendo bem aceitas por muitos fashionistas!

Havaianas & Liberty

Não se trata exatamente de um lançamento, mas vale apresentar. Este ano a Havaianas lançou uma linha em parceria com a famosa marca londrina Liberty.

Para quem não sabe a Liberty é uma marca inglesa super tradicional e antiga, que ficou famosa por suas estampas de flores pequeninas, bem miúdas, o que dá um destaque todo especial, pois é reconhecida mundialmente por seu estilo tão característico. Atualmente vendem uma infinidade de artigos, como aventais, velas, agendas, peças de roupas, acessórios e tudo mais que puder imaginar, mas sempre com a estampa sempre reconhecida.

 

Continuemos então ao assunto inicial? Pois é,  a parceria da brasileiríssima Havaianas com a Liberty, em que foi desenvolvida uma linha com os modelos tradicionais de chinelos e alpargatas com as estampas Liberty. Todos os modelos ficaram com um design super feminino e graciosos, tudo isso ganhou um ar super cool por conta do estilo das estampas.

Uma graça, não acham?

Ficou curiosa para ver os outros modelos? Vem dar uma olhada no site da Havainas.

Mais uma opção para chinelos

Estamos com o verão bombando por aí, fazendo dias de muito calor e muita gente ainda está em clima de férias e praia. A dica de hoje, portanto é super indicada para leitura.
Quem está na vibe relax, aproveitando os momentos merecidos de distração e sossego, não há nada melhor do que um chinelo. Na hora de montar o look na praia, não precisa se preocupar.
Já conhece a CleanUp?

Uma marca com modelos de chinelos super estilosos, com vários valores agregados e com uma proposta muito interessante.

No próprio site eles contam que os chinelos são feitos de um material diferenciado, que estimulam os pés com uma espécie de massagem na região plantar, garantem maior segurança ao usuário, pois se estiver molhado, seca rapidamente.

No site são vários os modelos, todos com uma identidade bem verão, antenado com tendências e super moderninhos, os modelos são unissex.