O clássico Branco e Preto

Que a mistura das cores branco e preto nos looks é um clássico da moda não há dúvida, né?! É um artifício na hora de compor a produção que sempre resulta em propostas interessantes, sóbrias e elegantes.

BeFunkyCollagelook

Mas, além desta mescla ser usada nas peças de roupas uma outra ideia é tirar proveito através sapatilhas bicolores, em suas diferentes modelagens, dando mais personalidade e um toque mais moderno.

Algumas inspirações:

Slide1

  1. Sapatilha bicolor estilo slingback, gáspea branca com biqueira preta envernizada e de ponta quadrada, da Arezzo.
  2. Sapatilha bicolor em couro, cabedal todo branco com biqueira redonda preta, detalhe frontal de tira preta com botão e acabamento em vira preto, da Capodarte na Zattini.
  3. Sapatilha estilo slipper bicolor em couro texturizado tipo croco, cabedal todo branco com pala recortada, acabamento em vira e barbicacho azuis, da Shoestock.

O grande diferencial dos calçados baixos bicolores, como é o caso das sapatilhas, é que tiram do óbvio a produção, em algumas modelagem (mocassins e slippers) trazem algumas referências do guarda roupa masculino, em outros casos (nas modelagens mais tradicionais; bico fino e bico redondo, por exemplo) dão mais personalidade ao look, deixando feminino e moderno.

Sapatilha Red Fever

Não faz muito tempo apresentei por aqui uma série de sapatilhas coloridas, lembra?! Na ocasião abordei caso a caso, como combinar as cores e em um post em especial destaquei as sapatilhas vermelhas. Pois muito bem, nesta temporada outono/inverno 2018 o vermelho vem como uma tendência forte, sendo chamado de Red Fever, ou seja, trata-se desta vez, de um vermelho em tom alaranjado, bem aberto e marcante.

BeFunkyCollagelook

Vem dar uma espiada nas opções de modelagens:

Slide1

  1. Sapatilha red fever envernizada, cadebal de bico redondo com detalhes de franjas e laço, da Anacapri.
  2. Sapatilha red fever estilo slingback, cabedal de bico fino e parte traseira aberta, da Divalesi.
  3. Sapatilha red fever com design diferenciado, com referências tipo loafer e decote mais alto, da Vicenza.

Uma boa dica se você tem certo receio de pesar a mão na hora de montar a produção, mas deseja acrescentar um toque de modernidade, é se arriscar com pitadas da cor. Isso nada mais é que, tentar adicionar detalhes como: bolsas, brincos, colares, pulseiras, lenços e calçados. Assim, você irá evidenciar informação de moda e ao mesmo tempo, dar mais personalidade aos looks.

Sapatilha Príncipe de Gales

Você notou como a estampa tipo Príncipe de Gales está em alta? Esta promete ser forte tendência nesta temporada outono/inverno, aliás ela tem um “perfume” bem adequado para os dias mais frios, com tons acinzentados ou em preto em riscos irregulares, o que confere mais personalidade por conta do toque dos riscos em vermelho e também, é uma estampa mais comum em produções masculinas, em peças de alfaiataria como ternos e casacos.

BeFunkyCollagepw

E assim como nas peças de roupas, a estampa se apresenta de modo imponente, neste outono/inverno em algumas opções de calçados baixos, especialmente, nas sapatilhas:

Slide1

  1. Sapatilha aberta com estampa Príncipe de Gales, de gáspea de bico fino, parte traseira aberta com tira que envolve o calcanhar e fechamento de tira com fivela na parte do tornozelo, da Drezzup na Zattini.
  2. Sapatilha com estampa Príncipe de Gales, cabedal de fico fino suave, de design tradicional, da Moleca na Zattini.
  3. Sapatilha com estampa Príncipe de Gales de estilo esportivo, com referência de slipper, solado branco e vira vermelho, que contorna todo o acabamento superior do calçado, da Beira Rio na Zattini.
  4. Slipon matelassê com estampa Príncipe de Gales, com solado branco alto e acabamento superior em vira preto, da Dumond na Zattini.

 

Em looks femininos com estilo boyish ficam bem interessantes para sair do óbvio nos dias mais frios, e naturalmente em peças mais clássicas como blazers e casacos femininos dão um ar mais tradicional e sofisticado. Aproveite esta tendência para criar a sua própria identidade na sua produção, de forma autêntica, moderna e antenada.

3 Sapatilhas Diferentonas

As sapatilhas metalizadas por si só já destacam a produção, dando mais estilo e força. Para muita gente se arriscar a usar um modelo metalizado não é lá tarefa muito fácil, pois há um certo receio de “pesar a mão”. Entretanto, é importante testar outros caminhos na hora de montar o look, para sair da zona de conforto, descobrir novas possibilidades de combinações e acima de tudo, descobrir que dá pra ousar com identidade.

BeFunkyCollage

  1. Sapatilha prateada, de couro com acabamento metalizado, de bico fino, detalhe de amarração na parte do peito do pé e parte traseira aberta, da Luiza Barcelos na Zattini.
  2. Sapatilha dourada, de material sintético com acabamento metalizado, gáspea de bico fino, detalhe de maxi franjas e laço na parte central, parte traseira fechada com recorte diagonal na cor caramelo e dourada, da Ellus na Zattini.
  3. Sapatilha prateada com dourada, de couro com acabamento metalizado, gáspea estilo huarache(ver definição) com pala mais alongada, laterais abertas com detalhe de fivela e parte traseira fechada, da Carrano na Zattini.

Assim as sapatilhas metalizada proporcionam à produção mais presença, são protagonistas no look e justamente por isso, deixam o resultado único, mais original e autêntico.

Sapatilha nude rosé pointed

Você é uma fã inveterada de sapatilhas de bico fino? Então, chega mais e vem ler este post até o fim! Sabe por que? Porque o tema da vez são as clássicas sapatilhas pointed (bico fino) em nude rosé, uma cor que deixa a produção mais sofisticada, com um jeitinho mais classudo e é super versátil.

BeFunkyCollage

  1. Sapatilha nude rosé de cabedal de bico fino com bordas de recorte ondulado, em material sintético e acabamento acamurçado, da Drezzup na Zattini.
  2. Sapatilha nude rosé de material sintético e acabamento de verniz, gáspea de bico fino, laterais abertas e parte traseira fechada, da Amaro na Zattini.
  3. Sapatilha nude rosé de couro, de cabedal de bico fino e com detalhe superior de amarração tipo bow, da Santa Lolla na Zattini.

O grande trunfo das sapatilhas nude rosé pointed é que permanecem sempre atuais na moda, independente da modelagem escolhida, podem ser usadas em qualquer época do ano, dão um efeito discreto e imponente à produção. Na hora de coordenar a produção, vão bem com absolutamente qualquer produção desde looks mais minimalistas, passando por opções mais românticas, básicas, glam, preppy e até composições mais arrojadas, onde o que faz a diferença é o design mais sóbrio e equilibrado na mistura das peças.

 

Sapatilhas Caramelo

Só quem ama sapatilha sabe o quanto são indispensáveis na produção, seja inverno ou verão. E… para isso, investir em peças coringas são uma boa pedida, como é o caso das sapatilhas caramelo.

A cor caramelo possui referências nos tons terrosos, casa bem com vários looks, tanto de épocas mais frias, quanto de épocas de mais calor e assim, esta cor de sapatilha é uma ótima opção.

BeFunkyCollage

  1. Sapatilha caramelo com modelagem tipo salomé, gáspea de bico fino, parte traseira fechada e tornozeleira, da Royalz na Zattini.
  2. Sapatilha caramelo estilo lace up, com amarrações, em couro com acabamento em nobuck e cabedal de bico redondo, da Jorge Alex na Zattini.
  3. Sapatilha caramelo em couro nobuck, de cabedal de bico fino com laço, pendant dourado e detalhes em toda a borda de trabalhado tressê, da Andatti na Zattini.

A vantagem das sapatilhas caramelo é que são possíveis de serem coordenadas tanto com cores frias quanto cores quentes. Principalmente, no verão é mais comum as pessoas terem vontade de montar uma produção com cores mais “vibrantes” como vermelho, amarelo, laranja, pink e verdes mais marcantes e por isso, todas estas resultam em combinações contagiantes junto ao caramelo. Da mesma maneira que, para quem dá preferência por looks mais neutros, as sapatilhas caramelo formam boas parcerias.

Sapatilha Peep toe?

Você provavelmente já ouviu falar do modelo de sapato peep toe, não é mesmo? Trata-se daquele estilo clássico que deixa apenas dois ou três dedos aparentes, mas o modelo tradicional deste calçado é com salto, geralmente de altura média e grosso. Entretanto, há uma variedade bastante grande, que inclui algum baixos, sem salto algum.

Portanto, hoje o assunto são as sapatilhas do tipo peep toe, com modelagem igual ao clássico, mas em uma versão flat que é perfeita para quem ama uma boa sapatilha, mas busca uma versão mais fresquinha dela.

BeFunkyCollage

 

  1. Sapatilha peep toe em  material sintético e acabamento metalizado, da Shoestock na Zattini.
  2. Sapatilha peep toe bege em couro e cabedal recortado à laser, da Bottero na Zattini.
  3. Sapatilha peep toe em cetim nude, de cabedal liso, acabamento de debrum nas bordas e detalhe frontal superior de laçinho, da Raphaella Booz na Zattini.

Muitas pessoas não gostam muito dos modelos de sapatilhas peep toe porque acreditam que “envelhece” o look, já que é um calçado de modelagem mais tradicional e tida como “vovó”. Entretanto, saiba que é um calçado fácil de ser coordenado com outras peças e que traz um estilo imponente ao look e assim como tudo, é apenas uma questão de harmonizar todas as peças.

O interessante desta proposta de sapatilha é que adiciona um perfume mais clássico ao look, se mesclado com outras peças mais modernas, resulta em uma produção moderna, confortável e leve para os dias mais quentes.

Sapatilha Huarache

Quer adicionar um toque mais original aos seus looks? Uma boa pedida é apostar em produções que façam referências a estilos como o hippie, o gipsy ou o boho, e isso é possível ser feito muito além das roupas, ou seja, dê o seu toque de personalidade misturando um calçado como as sapatilhas huaraches.

As sapatilhas huaraches tem uma modelagem simples, com uma pegada mais artesanal, efeito proporcionado pelas das tiras entrelaçadas e trançadas que deixam a produção com uma identidade própria.

Dá só uma olhada nas inspirações de looks e modelos de sapatilhas huaraches:

BeFunkyCollage

  1. Sapatilha huarache caramelo, gáspea fechada e traseira fechada, da Mississipi na Zattini.
  2. Sapatilha huarache dourada, gáspea fechada e parte traseira aberta, da Shoestock na Zattini.
  3. Sapatilha huarache assandalhada, gáspea aberta com tiras de cores que se contrastam e parte traseira fechada, da Dakota na Zattini.

As sapatilhas huaraches são uma boa aposta de calçado para o verão, já que mesclam informações das sandálias rasteiras com uma sapatilha e resultam em produções menos comuns, frescas e confortáveis.

Sapatilha Boho?

Lembra que há algum tempo falei aqui de uma “prima” da sapatilha? Pois é, as alpargatas são um tipo de calçado de construção mais simples e igualmente prático para calçar. Entretanto o que diferencia a sapatilha clássica de uma alpargata é o estilo; enquanto a sapatilha adiciona uma imagem super feminina e glam às produções, já a alpargata revela um perfume mais descontraído e relaxado, ficando super interessante em looks boho, hippie chic e gipsy.

BeFunkyCollage

  1. Alpargata caramelo com vira de corda, gáspea com recortes à laser e ponteira de corda, da Bottero na Zattini.
  2. Alpargata lisa nude em lona com vira e ponteira de corda, da Shoestock na Zattini.
  3. Alpargata preta lisa com vira e ponteira de corda, da Santa Lolla na Zattini.

O grande trunfo das alpargatas é dar personalidade à produção, trazendo mais conforto e frescor para dias de calor. Na hora de coordenar seu look com este tipo de calçado tenha em mente que resultará em algo informal e descompromissado, perfeito para momentos mais relaxados como fim de semana, praia,e passeios ao ar livre; vai bem com vestidos fluídos, looks básicos  como short ou calça jeans e camiseta, blusas ombro a ombro com um perfume ciganinha, etc.

Como usar sapatilhas pretas?

Usar sapatilhas pretas não é nenhum desafio, né?! Entretanto, a ideia aqui é destacar para este calçado tão básico um outro olhar e incrementar o look com outras propostas.

A sapatilha preta é indiscutivelmente um calçado coringa, cai bem com qualquer produção, é prático tanto para calçar quanto para ser coordenado. Na dúvida, se joga na sapatilha preta que sempre é acerto, né!?

Mas, é interessante também se arriscar, experimentar novas opções de modelagens de sapatilhas pretas, para que assim, você possa ter mais repertório de opções e consequentemente, dar maior personalidade aos seus looks.

BeFunkyCollage3final

  1. Sapatilha preta de bico fino com elástico, acabamento envernizado e duas tiras na parte central do peito do pé com fivelas e ilhós dourados, da Vizzano na Zattini.
  2. Sapatilha assandalhada com gáspea de bico fino, tira central com fivela redonda de pedras sintéticas e parte traseira aberta com tira de fechamento e pequena fivela prateada, da Amaro na Zattini.
  3. Sapatilha preta de bico fino, parte traseira fechada estilo gladiador e fechamento traseiro com zíper, da Stella Zac na Zattini.

Que tal? Gostou das opções? Percebeu como é possível dar mais impacto para a sua produção, mesmo com uma sapatilha de uma cor tão clássica e tradicional? O diferencial esta realmente em buscar modelagens de sapatilhas menos comuns, com mais design e personalidade!