CARTELA DE CORES

Passamos os últimos posts falando, de modo bastante detalhado, sobre a importância do desenho, de saber desenvolver esta habilidades na rotina profissional de um designer de calçados. Busque pelo caminho que te pareça mais fácil e compreensivo para você, mas não deixe de exercitar. Portanto acredito que, DESENHAR é uma necessidade/habilidade fundamental para quem quer se aprimorar na área e novamente ressalto (o que sempre disse!): não há milagre, é esforço, dedicação e repetição, com o tempo os resultados virão.
Depois desta longa conversa sobre desenhar, agora é hora de dar destaque para outra importante etapa; a cartela de cores.
Lembra que lá no começo falei sobre painel de inspiração e painel de público alvo?
Pois é, neste momento você já tem muito bem formatado qual é seu painel de referências e público alvo, então é hora de colocar cor na sua coleção de calçados, imaginar os modelos concomitantemente coloridos.
Aqui você vai dar cor aos modelos que desenhou, observar quais ficam melhores, adequar ou desprezar alguns modelos, pensando no público e nos materiais (próximo post!). Analisar quais modelos terão mais de uma cor disponíveis, dentro da cartela de cores.
Vale a pena ter todas as cores da cartela disponíveis em cada modelo? Quais? Cada modelo será de uma cor, esta será a diferenciação. Isso compensa? Você acha isso atrativo para o seu público?

Pense também que, na rotina profissional de designers que trabalham para uma grande indústria calçadista, certamente será levada em consideração uma cartela de cores que é tida como tendência para aquela estação para qual estão desenvolvendo os calçados. Pois, eles tem uma visão de moda mais globalizada e muitas vezes, querem atingir um público mais amplo.

Exemplo de cartela de cores

Já para designers que trabalham de maneira independente, prezam por um trabalho autoral, não levam isso tanto em consideração, entretanto não desconsideram completamente as tendências. Eles elegem uma cartela de cores, que deverá dialogar com o conceito da coleção e público alvo.

Tudo deve comunicar de forma clara e coerente. Portanto aqui, você já sabe quem é seu público alvo e deve levar em conta as preferências de cores, saber se certas estampas e cores eleitas, por exemplo, funcionam para este público. Será que usariam? 

Além de todos estes fatores acerca da cartela de cores, como preferências de público e afins, considere também a estação para que você esta desenvolvendo a coleção e assim, pondere todas estas informações. Estude tudo, tudo mesmo, para perceber todos os prós e contras!

3 comentários em “CARTELA DE CORES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s