Modelagem Valentino

Alguns modelos de calçados chegam de mansinho, aos poucos vão tomando conta e quando você percebe já se tornou um “modelo clássico”, exemplo disso é o Valentino, que surgiu como calçado de salto, foi ganhando outras versões e pode-se dizer que caiu no gosto popular.
O modelo caracteriza-se por ser de bico fino, cabedal envernizado, debrum  que envolve todo o entorno do calçado e saem da parte central do peito do pé e laterais, formando tiras que se encontram e permitem fechamento, com cor diferente do cabedal, mas que de algum modo formem um conjunto harmônico e elegante, porém o detalhe que dá o destaque são as taxas douradas.

Muitas marcas brasileiras investiram na proposta, tanto de scarpin de salto quando em sapatilhas. O estilinho clássico e glam, puxando para tons mais nude e sofisticados, ganharam também versões (não menos elegantes), mas com uma ousadia mais pop, como onça, zebra e diversões afins. A grande vantagem disso, é que o calçado que era “hit” no mundinho fashion, ficou acessível pra muita gente, o que é muito interessante.

Dá só uma olhada nas versões nacionais que você pode incrementar seu look:

1. Modelo de salto alto em verde menta, com debrum e tiras que sobem até o início do tornozelo em nude rosado, detalhes que fazem o diferencial deste estilo são as taxas douradas, da Raphaella Booz.

2. Modelo de salto alto em um tom de nude achocolatado, com debrum  e tiras em nude puxando para o bege, detalhes para as taxas douradas, da Tabita.

3. Modelo de salto alto, cabedal em animal print, bordô e preto em pêlo, com debrum e tiras pretas envernizadas e taxas pretas, da My Shoes.

4. Modelo de salto médio, formando duas partes do calçado, gáspea em tom creme e traseira creme também, o debrum faz uma espécie de ligação entre as duas partes do calçado, em um tom caramelo e taxas douradas, da Santa Lolla.

5. Modelo de salto alto, tradicional de scarpin com cabedal em vermelho e debrum em nude rosado, com delicadas taxas douradas, da Biondini na Dafiti.

6. Modelo de salto médio, cabedal estilo mary jane, decote com tachas,  tira central também com tachas, que se une a uma espécie de tornozeleira com outras três tiras, sendo que a do meio se destaca pelo presença das tachas e parte traseira com fechamento de ziper, da Lily’s Closet.

7. Modelo flat de cabedal nude, debrum e tiras em creme, que terminam no peito do pé, da Lilly’s Closet.

8. Modelo de sapatilha, cabedal coral envernizado, debrum bege puxando para um tom chocolate com taxas douradas e salto com detalhe dourado, da Tabita.

9. Modelo de sapatilha, cabedal uva envernizado, debrum nude rosado com pequenas taxas douradas, da Lilly’s Closet.

10. Modelo de sapatilha, cabedal marsala, debrum nude rosado e taxas douradas, combinando com o detalhe do salto em dourado, da Stéphanie Classic.

11. Modelo flat, de cabedal em animal print vermelho escuro, em pêlo, com debrum e tira que passa pelo peito do pé e vai até o tornozelo em preto envernizado, com taxas pretas, da My Shoes.

12. Modelo flat, de bico bem fino toda em nude rosado, com debrum da mesma cor e detalhe para as pequenas pérolas, da Santa Lolla.

A variedade deste novo clássico de calçado é enorme, tem para todos os estilos e salto, mais baixos, mais altos, sapatilhas, flats e assim, permitindo você montar uma produção com informação de moda e permissiva para seu bolso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s